Alpiarça – Mulher queimada pelo marido que se suicidou

Em Sociedade

Uma mulher ficou gravemente ferida com queimaduras, na sequência de uma agressão do marido que, de seguida, se suicidou, em Frade de Cima, concelho de Alpiarça.
Inicialmente, a informação avançada pela Lusa e outros órgãos de comunicação social referia que a mulher teria sido agredida e regada com álcool pelo marido, que posteriormente tentou também atear-lhe fogo. Porém, segundo o oficial de Relações Públicas do Comando da GNR de Santarém, tenente-coronel Costa, citado pelo Diário de Notícias, “tais informações não se confirmam”.
Segundo o oficial da GNR, “o que se sabe é que a vítima terá feito as queimaduras quando tentava evitar que o marido ateasse fogo ao carro da família com um maçarico. Não o conseguiu e refugiou-se num anexo da casa com os dois filhos menores, de 9 e de 17 anos, que terão presenciado a situação.”
O agressor, marido da vítima, acabou por se suicidar, por enforcamento, já dentro de casa”, confirmou o oficial da GNR.
A discussão entre marido e mulher aconteceu cerca das 5h00 deste sábado. “Um dos vizinhos reportou à GNR que só ouvia gritos e por isso chamou as autoridade”, adiantou a GNR.

A viatura foi totalmente consumida pelas chamas. Segundo a Lusa, a mulher foi transportada ao Hospital de Santarém e depois transferida para o Hospital de São José, em Lisboa.
A Polícia Judiciária já esteve no local e já está a investigar o caso.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Sociedade

Ir para Início