Tribunal de Santarém

Bancária de Tomar acusada de deitar mão a 121 mil euros de cliente idosa

Em Sociedade

O Ministério Público deduziu acusação contra uma bancária, de 43 anos de idade, residente em Tomar, que exerceu funções na agência de Tomar da Caixa Geral de Depósitos, por crime de peculato.

Segundo a nota da Procuradoria da República da Comarca de Santarém, os factos remontam aos anos de 2010 a 2014, período no qual a arguida se terá apropriado de cerca de 121 mil euros de uma cliente idosa, aproveitando-se desta circunstância e das suas funções de gestora de conta em relação a diversas contas bancárias da lesada.

Na acusação, deduzida pela 2.ª secção de inquéritos de Santarém, especializada em crimes económicos e financeiros, também foi promovida a perda a favor do Estado, sem prejuízo dos direitos da lesada, da quantia monetária de 91 mil euros.

Decorre o prazo para abertura de instrução que, a não ser requerida, determinará a remessa do processo para julgamento perante tribunal coletivo.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Sociedade

Ir para Início