Livro sobre o Padre Xico Nuno apresentado no Museu do Aljube

Em Ribatejo Cool

O livro “Padre Nuno Xico Nuno – Um homem actuante em tempos de mudança”, de Natália Rodrigues (coord.), Carlos Figueira, Emília Galego, Jorge Custódio e José Ermitão, vai ser apresentado no dia 9 de julho, terça-feira, às 18h30, no Museu do Aljube Resistência e Liberdade, em Lisboa. Oportunidade também para visitar este espaço museológico dedicado à história e à memória do combate à ditadura e ao reconhecimento da resistência em prol da liberdade e da democracia.

Trata-se de um livro de memórias e “retrato de um Padre que ensinava Religião e Moral numa atitude nova e desafiante para os tempos de sombra que se viviam com o Marcelismo”. Por isso, perseguido pela PIDE e expulso do liceu onde ensinava e convidava os jovens para o “Tempo Novo”.

Francisco Nuno, nascido a 14 de março de 1934, em Mata, Torres Novas, leccionou enquanto sacerdote no Liceu de Santarém e desde cedo marcou toda uma geração de estudantes com o seu grande papel mobilizador e a sua preocupação com os mais desprotegidos.

Na década de 60/70 do século XX, passou a intervir socialmente, através do Secretariado Cristão dos Organismos Juvenis. Funda um lar para estudantes deslocados, com carências económicas, acabando por ser expulso do Liceu Nacional de Santarém. Após o 25 de abril, deu aulas em Torres Novas e Setúbal.

A apresentação do livro vai estar a cargo dos autores Jorge Custódio, Emília Galego e Natália Rodrigues, seguida de um Porto de Honra

A sessão vai ter a participação musical de Francisco Fanhais.

As inscrições são obrigatórias e mediante os lugares existentes, devendo ser confirmada a presença para info@museudoaljube.pt.
Mais informações ligue (+351) 215 818 535.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Ribatejo Cool

Ir para Início