Piloto escapa ileso de queda de avião na barragem de Castelo de Bode

Em Sociedade

Um avião de combate a incêndios teve, esta quarta-feira, um acidente em Ferreira do Zêzere. A aeronave amarou na barragem de Castelo de Bode, estando o piloto consciente e a ser assistido pelos bombeiros.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém indicou à Lusa que o avião amarou em Ponta de Vale da Ursa, junto a Dornes, e que o piloto “está consciente, orientado, e já está em terra a ser assistido pelos bombeiros”.

O presidente da Câmara de Ferreira de Zêzere, Jacinto Lopes, disse à Lusa que o avião “não bateu em nada” e que o acidente ocorreu durante uma manobra de recolha de água.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), em comunicado, indicou que o avião anfíbio – um FireBoss, com indicativo operacional Alfa 8 – estava estacionado em Proença-a-Nova, distrito de Castelo Branco (em vez de Ponte de Sor, distrito de Portalegre, como inicialmente foi avançado).

Em comunicado, a ANEPC precisou que o acidente causou apenas “danos materiais” e deu-se quando a aeronave “efetuava uma manobra de scooping na barragem de Trízio, no concelho da Sertã”, a fim de participar no combate a um incêndio rural em Pombal, no distrito de Leiria.

A ANEPC disse ainda que, entre os meios de socorro ativados, estavam um avião de reconhecimento e um helicópetro de reconhecimento, avaliação e coordenação.

O alerta para o acidente foi dado às 16:46 por um cidadão, tendo sido ativados diversos meios para o local do acidente.

O incêndio para o qual se dirigia o aparelho anfíbio acidentado deflagrou na freguesia de Abiúl, concelho de Pombal. Cerca das 17:00 tinham sido mobilizados sete meios aéreos e 123 operacionais, de acordo com o CDOS de Leiria.

O fogo ainda não estava a ameaçar as habitações existentes na zona, que no entanto estava a “arder com intensidade”, adiantou o CDOS.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Sociedade

Ir para Início