Confirmada poluição da água em Castelo de Bode – Marinha apoia recuperação da aeronave

Em Sociedade

Na sequência da queda e afundamento de uma aeronave de combate a incêndios no dia 3 de julho, na Albufeira do Castelo de Bode, a Agência Portuguesa do Ambiente detetou uma mancha de hidrocarbonetos à superfície da água, tendo sido ativada uma equipa da Direção do Combate à Poluição do Mar para o local, a pedido da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

Segundo uma nota da Autoridade Marítima Nacional, “após a chegada ao local, a equipa recorreu a um “drone” para identificação das manchas de poluente e dos locais para onde se teria de direcionar os meios. Seguidamente, iniciou-se o processo de contenção destas manchas, procurando evitar que se espalhassem por uma área maior”.

Durante o dia de hoje, a aeronave foi trazida à superfície e levada até à margem do rio para posterior remoção com recurso a uma grua.

A equipa da Direção de Combate à Poluição do Mar manteve as operações de contenção ao longo deste processo, tendo também colocado uma barreira absorvente a envolver a aeronave quando esta foi levada para a margem, tendo as operações de contenção decorrido com sucesso.

A aeronave deverá ser retirada do local durante o dia de amanhã, mantendo-se barreira absorvente à volta da aeronave por precaução, até que esta seja retirada da água.


Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Sociedade

Ir para Início