Reciclagem vai andar em campanha porta-a-porta no Cartaxo

Em Região

O Cartaxo integra o novo modelo de recolha de resíduos que a Ecolezíria inicia em 2020. O modelo prevê a recolha porta-a-porta de resíduos recicláveis. Jovens voluntários vão estar na rua durante o mês de julho para explicar o modelo aos munícipes.

Em junho, a Câmara Municipal do Cartaxo apresentou em sessão pública o modelo de recolha de resíduos recicláveis porta-a-porta que a Ecolezíria vai iniciar em 2020.

Em julho, a campanha de divulgação vai literalmente bater à porta de muitos munícipes – se vive na cidade do Cartaxo, é possível que os jovens voluntários da associação Zero lhe toquem à campainha para explicarem o novo modelo que leva a reciclagem e a poupança muito a sério.

Pedro Nobre, vereador da Câmara Municipal responsável pelo pelouro da Recolha de Resíduos, explica que “um grupo de jovens voluntários da Zero, entidade que colabora com a Ecolezíria neste projeto, vai estar na cidade do Cartaxo a partir do dia 9 de julho, terça-feira, para distribuir aos munícipes um folheto com informação sobre o novo modelo de recolha de resíduos recicláveis e prestar esclarecimentos sobre a implementação do projeto. Esta fase da campanha de divulgação vai decorrer durante cinco dias” e abrange todos os municípios que integram o novo modelo.

A partir de três perguntas, a Ecolezíria dá a conhecer aos munícipes como decorrerá a recolha porta-a-porta: a Ecolezíria fornecerá ecosacos, baldes para resíduos orgânicos e ainda compositores, nos casos de habitações que possuam espaço exterior. A recolha será efetuada em datas agendadas e prevê uma compensação financeira para os munícipes que mais colaborem na separação dos resíduos.

O que vai receber da parte da ECOLEZÍRIA?

Três ecosacos para separar em sua casa as embalagens de papel/cartão, os plásticos e os metais e o vidro;

Um pequeno balde para separar os resíduos orgânicos;

Um conjunto de sacos para separar o papel/cartão (saco azul), um conjunto de sacos para separar os plásticos/metais (saco amarelo) e um conjunto de sacos para separar os resíduos orgânicos.

Como funciona?

As embalagens de papel/cartão e de plásticos/metais serão recolhidas uma vez por semana e os resíduos orgânicos três vezes por semana. A recolha dos recicláveis vai ocorrer durante a madrugada do dia da semana indicado para a recolha, pelo que cada utilizador deverá colocar os sacos na via pública à porta da habitação ou prédio onde reside. O vidrão vai continuar na via pública.

E quem tem um espaço exterior na casa?

Neste caso a Ecolezíria oferece também um compostor para reciclagem dos orgânicos.

Se separar vai ganhar!

A Ecolezíria vai atribuir uma compensação financeira aos munícipes que mais colaborem na reciclagem, para descontar em compras no comércio local.

A Ecolezíria disponibiliza informação sobre o modelo em www.ecoleziria.pt

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Região

Ir para Início