Lojas devolutas viram galerias de arte em Santarém

Em Ribatejo Cool

Duas lojas devolutas no centro histórico de Santarém, situadas na Rua Serpa Pinto, reabriram ao público na noite de de 11 de julho, como “Galerias com Arte”, projeto temporário onde estão expostas obras dos artistas Fernanda Narciso e Mário Rodrigues, este recentemente falecido, Cremilda Salvador, Noémia Tomás e António Cordeiro. Os trabalhos estarão patentes ao público até dia 11 de agosto.

A iniciativa está integrada no In. Santarém 2019 – Festival de Artes e Cultura, e que contou na inauguração com a presença da vereadora da Cultura da autarquia scalabitana, Inês Barroso, que disse o “Município vai continuar a apostar nos artistas da cidade e da região. Aliás, queremos, que sintam o centro histórico como a sua casa”.

“Contos para te contar” é o nome da exposição que junta no mesmo espaço, antiga loja da Vodafone (edifício do velho Hotel Abidis), n.º 91, trabalhos da artista plástica Fernanda Narciso e de Mário Rodrigues, artista que faleceu o ano passado.

Na mesma rua (Serpa Pinto), no nº 60, há “Memórias”, um projeto que junta pinturas de três artistas: Cremilda Salvador, Noémia Tomás e António Cordeiro.

Amantes da pintura refletem estilos e técnicas diferentes, o que “outros” lhes marcaram na memória, “fruto do olhar que observa e da sensibilidade que se mantém inspiradora na busca duma pluralidade harmoniosa (…)”.

No caso de Cremilda Salvador, natural da Covilhã, mas que partiu em criança para Moçambique onde contactou com novos céus, novas paisagens e gentes que lhe causaram espanto e curiosidade, a sua pintura é o reflexo das experiências adquiridas nas múltiplas vivências que tem conhecido e incide na pessoa humana “necessito captar através do olhar as emoções e o sentir do outro principalmente os mais jovens e os idosos”, afirmou a professora de Literatura e Cultura Africana e de Pintura, da Universidade da Terceira Idade de Santarém (UTIS), onde leciona há quinze.

Já a professora aposentada, Noémia Tomás, natural de Ourém, mas que reside em Santarém apresenta trabalhos de desenho e pintura a óleo, acrílico e pastel seco.

Recentemente foi lhe atribuído o 1.º prémio na II Bienal de Artes Plásticas e Literatura CPLP e Galiza.

O artista plástico, autodidata, António Cordeiro, natural do Cartaxo, dá a conhecer ao público trabalhos bastante diversificados. Está representado em diversas coleções particulares em Portugal e no estrangeiro.

Tanto “Contos para te contar” como o “Projeto Memórias” podem ser visitados até 11 de agosto, de segunda a sexta-feira, das 10h00 às13h00 e das 15h00 às 18h00. Aos sábados, as galerias estão abertas entre as 10h00 às 13h00.

Posteriormente, o conceito irá abranger novos artistas, cujas obras vão ocupar os mesmos espaços até ao dia 21 de setembro, dia em que culmina o In. Santarém 2019 – Festival de Artes e Cultura.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*