O maior trilho do mundo – Pegadas de dinossauros da Serra de Aire descobertas há 25 anos

Em Sociedade

O PNSAC – Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros comemora, em 2019, os 40 anos da sua constituição, com uma programação a realizar ao longo de todo o ano, distribuída pelos concelhos abrangidos pelo Parque.

Inserida nestas celebrações, decorreu, no dia 4 de julho, no Monumento Natural das Pegadas de Dinossauro da Serra de Aire, a comemoração dos 25 anos do descobrimento das pegadas dos dinossáurios neste Monumento Natural localizado na povoação do Bairro, em pleno Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiro.

Para assinalar este marco histórico da descoberta do maior e mais antigo trilho de pegadas que se conhece no mundo, foram planeadas várias atividades lúdico-pedagógicas para cerca de 150 crianças oriundas de 4 Municípios (Ourém, Torres Novas, Porto de Mós e Rio Maior), para além de palestras subordinadas à temática do dia. 
A vereadora da Câmara Municipal de Ourém, Isabel Costa, participou numa palestra sobre o projeto de valorização do património do PNSAC, dirigida por Maria de Jesus Fernandes, diretora do DRCNB – LVT, que contou também com a participação do vice-presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Luís Silva.

Destaque para o geólogo e professor universitário jubilado, António Galopim de Carvalho, individualidade incontornável da temática dos Dinossáurios, que dirigiu uma palestra dedicada ao Monumento Natural das Pegadas dos Dinossauros da Serra D’Aire, relatando os primórdios da descoberta deste Monumento Natural.
Ao longo desta tarde de festejos serão realizadas peças de teatro musicadas com fantoches para todas as crianças que visitam o local.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Sociedade

Ir para Início