Festival Street Food e SoundSet estão de volta a Santarém

Em Ribatejo Cool

De 26 a 28 de julho, o Jardim Portas do Sol, em Santarém recebe mais uma edição do Festival Street Food “Sabores do Mundo” e o SoundSet Fest, numa iniciativa inserida no projeto municipal Santarém Cultura/ In. Santarém 2019 – Festival de Artes e Cultura. 

O evento abre portas na sexta-feira, dia 26, às 18h00 e termina à meia noite. No sábado, 27, vai funcionar das 12h00 às 24h00 e no domingo, dia 28 julho, entre as 12h00 e as 22h00. Entradas livres.

Durante três dias os visitantes podem experimentar um variado número de iguarias do mundo nas muitas roulotes ou food trucks distribuídas pelo recinto do jardim.  Há propostas para todos os gostos e carteiras.

Este ano, o festival conta também com artesanato e atividades para os mais pequenos.

No dia 27, sábado, às 15 horas, Rita Vieira da Associação Aqui Há Gato, apresenta ‘A melhor sopa do mundo’. Uma dramatização para a criançada baseada na história homónima de Susanna Iser.

“Surpreendidos por uma tempestade de neve, vários animais refugiam-se na casa da Tartaruga que prepara uma bela sopa. Conforme vão chegando, oferecem vários ingredientes para serem postos na panela. Quando provam a sopa, todos pensam que é a melhor sopa do mundo e, pasmados, pensam que a Tartaruga deverá ter adicionado algum ingrediente especial que eles desconhecem. No final, Tartaruga revela-lhes o seu segredo”. 

Já no domingo, dia 28, também às 15 horas, as crianças podem assistir ao espetáculo: ‘Palhaços: Branquinho, Pantufa e Cabeça de Abóbora’, do Veto Teatro Oficina. Uma criação de António Júlio.

Da programação para a criançada, há ainda algumas surpresas.

Ritmos latinos do SoundSet Fest invadem Festival Street Food “Sabores do Mundo”

E porque o Festival Street Food “Sabores do Mundo” é um evento para descontrair, decorre no mesmo local e em simultâneo, o SoundSet Fest, da responsabilidade da Associação “Em Nome da Rosa”, com a atuação de várias bandas, e este ano, ao ritmo fervescente dos sons latinos.

Na sexta-feira, dia 26, às 18h30, vão estar em palco os ‘La Miseria Deluxe’. Pedaços de tango ctónico, boémio e visceral marinados em vinho tinto. A não perder, com Donatello Brida (acordeão e voz), Filippo Bonini Baraldi (violino).

Ao sabor do mundo, e desfrutando da paisagem única que nos oferece o Jardim Portas do Sol, a música continua com os Remexido’, às 20 horas, onde a guitarra portuguesa sai fora de pé, o piano faz sapateado, o ritmo ferve e as vozes convidam.

Um trio composto por João Lima, na voz e guitarra portuguesa, João Dacosta, no piano e voz, e Carlos Ribeiro, nas percussões e voz.

O universo dos Remexido inclui a nostalgia, a sedução e a dança, reunindo estilos tão diferentes como o fado, o tango ou o rock, sem esquecer a sonoridade mediterrânica.

E para quem gosta de cantar, dançar, pular, rir e de música, nada melhor que ouvir os insólitos ‘Projecto Bug’, às 21h30.

14 personagens em palco fazem a música e a festa: com metais, cordas, teclas, vozes femininas e masculinas, e uma secção rítmica com muita energia, que prometem envolver o público presente.

A composição dos ‘Projecto Bug’ assume-se como híbrida, flutuante, inesperada e insólita, alimentando-se dos mais diferentes bug’s e projetando-os sem igual.

Um espetáculo de variedades, cheio de de humor, alegria, partilha e, sobretudo, gargalhadas de (a)braços.

No sábado, dia 27, é a vez de ‘Walter Hidalgo’ (milonga) atuar às 18h30. O bandoneonista argentino, que está atualmente a residir em Lisboa tem atuado em diversas salas do país. 

O tango e o bandeoneón (instrumento musical de palheta livre, típico das orquestras de tango argentino, formado por uma caixa retangular de madeira com um fole e dotado de dois teclados de botões) juntam-se este ano à programação do SoundSet Fest.

“Mano a mano”, “El Choclo”, “Ventarrón”, “Che Bandoneón” e”Naranjo en flor”, são alguns dos tangos que pode apreciar enquanto saboreia um dos muitos pitéus do Festival Street Food.

Depois do tango, os ritmos contagiantes da dupla ‘Malino’, oriunda de Beja, às 20 horas, garantem maravilhar o público com as suas guitarras acústicas e os seus instrumentos de percussão.

A música de Alexandre Catarino e Luis Ildefondo serpenteia melodias tribais e acústicas culminando num rock flamenco repleto de energia.  

‘Pedra e Cal’, ‘Diana e ‘Sumagre’ alguns dos nomes dos singles desta dupla de guitarristas. O último single Sumagre’ é o nome de uma especiaria também conhecido como sumak muito antiga e utilizada nas cozinhas árabes para dar acidez aos pratos.

A fechar a noite, no dia 27, ‘G Combo’. A partir das 21h30, muita música latina e de fusão com Owem-G (guitarra e voz), Joel Pinto (saxofone) e João Redondo (Percussão).

O SoundSet Fest termina no domingo, dia 28, com ‘Herbie and the Cocks’, às 17 horas.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*