fbpx

Câmara de Santarém ordena desocupação do mercado municipal

Em Empresas

O edital afixado esta terça-feira, dia 23, ordena aos lojistas e vendedores a “desocupação imediata de todas as lojas e bancas do Mercado Municipal de Santarém e a interdição do acesso e funcionamento do mercado, de modo a permitir a execução da empreitada de recuperação deste equipamento municipal”.

O documento assinado por Ricardo Gonçalves, com data de 22 de julho foi afixado na terça-feira no mercado municipal, concedendo um prazo de cinco dias úteis a contar da data da afixação do edital, ou seja até 30 de julho, para desocuparem as lojas e bancas, entregando-as totalmente limpas, livres e devolutas de pessoas e bens”. O edital adverte que “se não o fizerem será imediata e coercivamente efetuada a desocupação com recurso às autoridades policiais, e com encargos que serão imputados aos interessados”.

Entretanto, a vereadora responsável por este processo, Cristina Casanova disse que os vendedores e lojistas têm a Casa do Campino como alternativa para continuarem os seus negócios, a partir de 1 de agosto. No entanto, até à data, segundo esta responsável, apenas dois ojistas manifestaram o desejo de se mudar para a Casa do Campino.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Empresas

Ir para Início