Greve dos camionistas – CIM Lezíria do Tejo quer zonas rurais e agroindústrias na rede de abastecimento de emergência

Em Região

O Conselho Intermunicipal da CIMLT reuniu na quarta-feira, dia 31 de julho, e decidiu “manifestar a sua preocupação com a greve motoristas de mercadorias e de matérias perigosas por tempo indeterminado, sobretudo com o seu impacto no sector primário na Lezíria do Tejo, especialmente no que respeita à agricultura e agroindústria”.

“Para que não se comprometam irremediavelmente as colheitas deste ano, a CIMLT vem apelar ao Governo que considere os postos de abastecimento de combustível localizados nas zonas rurais como parte integrante da Rede de Emergência de Postos de Abastecimento (REPA), de forma a assegurar o abastecimento de combustível dos agricultores”, refere o comunicado à imprensa deliberado na reunião. A CIMLT “apela ainda que, para além desta rede, se considere como prioritário o abastecimento às agroindústrias”.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Região

Ir para Início