Já são conhecidas as empresas vencedoras do 1.º Prémio de Inovação Empresarial

Em Empresas

O júri da primeira edição do Prémio de Inovação Empresarial do projeto financiado Ribatejo InovFin, dinamizado pela NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, reuniu dia 25 de julho na sede da associação em Torres Novas, para deliberar sobre os projetos vencedores do concurso. Sofalca, Momsteelpor, ambas de Abrantes, e Promicmarianos, de Ourém, foram os três vencedores do Prémio.

A 1.ª edição do Prémio de Inovação Empresarial chegou à sua fase final com a divulgação dos premiados. A seleção teve por base uma análise criteriosa por parte do júri composto por Daniel Bessa, ex-ministro da economia, em representação da SPI – Sociedade Portuguesa de Inovação, José Carlos Caldeira, em representação do INESC TEC – Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência, Mauro Faria, Diretor Comercial da Garval – Sociedade de Garantia Mútua, António Lourenço, Professor Coordenador da Escola Superior de Gestão e Tecnologia do Instituto Politécnico de Santarém, Nuno Madeira, Vice-Presidente do Instituto Politécnico de Tomar e António Campos, Presidente da Comissão Executiva da NERSANT.

Dos 30 projetos inovadores a concurso, o júri decidiu-se pela atribuição do prémio às empresas Sofalca e Momsteelpor, ambas de Abrantes, e à Promicmarianos, de Ourém. No caso da Sofalca, foi apresentado a concurso a marca Gencork, que iniciou o arranque da empresa produtora de aglomerados de cortiça, na área do design, facultando ao mundo uma nova utilização do aglomerado de cortiça expandida. A Momsteelpor foi premiada pelo desenvolvimento de uma aplicação (APP MOMSteel Smart Factory) que permite aos seus clientes acompanharem em tempo real o estado de execução de cada um dos projetos e a empresa Promicmarianos, de Ourém, pela criação de um hotel inclusivo com 38 unidades adaptadas a pessoas com mobilidade reduzida e portadores de incapacidade (Hotel Essence Inn Marianos).

O júri decidiu ainda atribuir três menções honrosas, à Bindopor, de Ourém, à Crivosoft, de Santarém e à Compometal, do Cartaxo. A inovação da Bindopor está patente ao nível organizacional da empresa, sendo que a Crivosoft foi distinguida pelo produto Crivo, de pacote que permite agregar todas as funções do marketing digital de uma empresa, numa única aplicação, e a Compometal, pela criação de painéis decorativos.

De referir que o Prémio de Inovação Empresarial é uma iniciativa do projeto financiado Ribatejo InovFin que pretende valorizar os bons exemplos de inovação das PME’s com sede neste território. Tem como objetivo premiar iniciativas inovadoras em estado de maturação, com resultados mensuráveis, permitindo evidenciar o seu impacto, atual ou potencial, em termos de competitividade empresarial.

O Ribatejo InovFin é um projeto apoiado pelo COMPETE 2020 e promovido pela NERSANT, que visa a promoção da inovação como um instrumento fundamental para o aumento da competitividade das empresas, nomeadamente através da aproximação entre estas e as entidades do sistema nacional de inovação, da promoção de estruturas financeiras mais equilibradas e da melhoria das condições de acesso ao financiamento das PME.

Neste momento, estão abertas candidaturas para a 2.ª edição do Prémio de Inovação. O regulamento e condições de acesso devem ser consultados no portal do projeto em www.inovfin.pt. O prazo de envio das mesmas termina a 22 de setembro.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*