Portugal 2020 – Lezíria do Tejo tem a maior taxa de execução de fundos comunitários do País

Em Região

A Lezíria do Tejo apresenta a maior taxa de execução de fundos comunitários do País para o Programa Portugal 2020, segundo dados divulgados no passado dia 30 de junho pela Agência para o Desenvolvimento e Coesão.

Esta taxa de execução reflete o compromisso assumido pela CIMLT no Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial da Lezíria do Tejo, em termos de investimentos, metas e resultados a alcançar para a região até 2020.

De lembrar que no âmbito do Portugal 2020 foi estabelecido o Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial da Lezíria do Tejo para a concretização dos investimentos territoriais integrados, contribuindo para a prossecução de objetivos temáticos e prioridades de investimento identificados no Acordo de Parceria estabelecido no âmbito dos FEEI (Fundos Europeus Estruturais e de Investimento), tendo um papel fundamental na recuperação económica e estrutural do País.

Para se alcançar esta taxa de execução na Lezíria do Tejo, em muito contribuíram os investimentos levados a cabo na melhoria da eficiência energética nas infraestruturas públicas. Até ao momento estão aprovadas 11 candidaturas para a eficiência dos sistemas de iluminação pública, conduzindo a uma poupança energética anual de 10.722.896 kWh que representa uma redução anual na ordem dos 1,3 milhões de euros na fatura de energia da Lezíria do Tejo.

Neste momento foram já implementadas 44.315 luminárias LED, através de um investimento aprovado de quase 9 milhões de euros em iluminação pública. Prevê-se que após a implementação das restantes candidaturas ainda em análise, o investimento da melhoria da eficiência energética da iluminação pública na Lezíria do Tejo suba para mais de 15 milhões de euros, tornando a Lezíria do Tejo uma região com mais de 85% de iluminação LED, havendo 5 Municípios da região que atingem os 100%.

Este investimento resultará numa poupança global anual na ordem dos 2,2 milhões de euros em energia elétrica da iluminação pública dos 11 Municípios da Lezíria do Tejo e uma poupança de 18 GWh, evitando a emissão de 8.460 ton CO2eq para o ambiente.

Estas ações estão em linha com a estratégia de transição para uma economia de baixo carbono na região, tornando assim a Lezíria do Tejo mais eficiente e sustentável.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Região

Ir para Início