Município apoia coletividades de Assentis, Meia Via, Zibreira, Riachos e paróquias de Torres Novas

Em Região

O Município de Torres Novas aprovou, na reunião de câmara de 6 de agosto, um conjunto de apoios a instituições e coletividades.

Foi ratificado por unanimidade o despacho de apoio ao Movimento de Apostolado de Adolescentes e Crianças da Paróquia de Assentis, consubstanciado no aluguer de um autocarro no valor de 700€, para a participar do grupo de jovens no III Acampamento Nacional do MAAC que decorreu em Palhaça, concelho de Oliveira do Bairro, evento que se realiza de 3 em 3 anos e que teve como lema «Viver a alegria na diversidade e união».

Respondendo ao pedido da Fábrica da Igreja Paroquial de Nossa Senhora de Monserrate em Meia Via para apoio à aquisição e construção de uma casa mortuária, anexa à igreja, para realização de velórios «de modo a garantir a dignidade do momento, o bem estar e conforto de quantos se confrontam com a dor da morte», o executivo aprovou por maioria, com abstenção do PSD e do BE, a comparticipação de 10.000€, que corresponde a cerca de um terço do valor de aquisição do imóvel.

Reconhecendo a importância social e cultural que têm para as freguesias rurais, as festividades de verão, «onde se conjuga o espírito solidário e bairrista com muito voluntariado e que o resultado financeiro dos eventos tem sempre um objetivo de melhoramentos locais», o executivo municipal aprovou por unanimidade um apoio financeiro no valor de 1660€ + IVA à Fábrica da Igreja Paroquial de Zibreira, com vista ao aluguer de uma tenda para a realização das Festas de S. Sebastião que já não se realizam há 12 anos.

Ainda no que se refere a festividades, foi aprovado por maioria, com a abstenção do PSD e do BE, o apoio à Fábrica da Igreja Paroquial de Riachos, para a realização da Festa do Padroeiro, «assumindo-se como a grande festa anual da vila de Riachos, só se sobrepondo a Festa da Bênção do Gado se realiza de 4 em 4 anos. Como em anos anteriores, a receita da festa será aplicada em obras de interesse público, este ano para a renovação de janelas da Igreja Paroquial e para a pintura e equipamento do Salão Comunitário, este tão frequentemente utilizado pelas associações riachenses. Por tudo isto e pelo esforço que tem vindo a ser desenvolvido ao longo dos anos para melhoramentos de valor significativo a bem da população de Riachos, entende-se propor um subsídio no valor de 6.000,00€.”

As Paróquias de Torres Novas solicitaram apoio financeiro para a realização de sondagens e escavações arqueológicas com vista à recuperação do designado «Edifício do Salvador», que incluirá um auditório para cerca de 400 pessoas, salas de reuniões e a nova sede dos escuteiros, entre outras valências. Considerando que estas “Paróquias de Torres Novas assumiram um enorme desafio que é a construção de um equipamento social que abrange uma área extremamente degradada onde existiu o simbólico e inesquecível Salão do Salvador», o executivo municipal aprovou por maioria, com abstenção do PSD, assumir as indispensáveis sondagens arqueológicas daquele espaço, integradas nas que o município terá que fazer por via da obra PEDU, através de uma comparticipação para o efeito no valor de 6.000,00€, pelo «grande interesse e importância que se reconhece nesta obra que muito irá contribuir para a reabilitação daquela zona da cidade.»

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Região

Ir para Início