Sindicato dos Motoristas de Matérias Perigosas decide terminar a greve

Em Atual

O plenário de trabalhadores do Sindicato de Motoristas de Matérias Perigosas decidiu este domingo desconvocar a greve, que começou a 12 de agosto. Após o plenário de trabalhadores, que decorreu durante a tarde, em Aveiras de Cima, o presidente do Sindicato, Francisco São Bento advertiu que poderá haver nova paralisação, se a Antram não quiser negociar na terça-feira, dia em que as partes se vão reunir com o Governo como intermediário.

Na moção aprovada, os motoristas mandataram a direção do sindicado para “caso a Antram demonstre uma postura intransigente”, tomar medidas como “a convocação de greves às horas extraordinárias, fins de semana e feriados”, até que os interesses dos motoristas sejam efetivamente assegurados.

A decisão surge após sete dias de paralisação e depois de ter falhado um acordo mediado pelo Governo, numa reunião que durou cerca de 10 horas e que terminou na madrugada de sábado.

Entretanto, o Governo já confirmou que irá realizar a reunião na terça-feira, no Ministério das Infraestruturas e Habitação, em Lisboa

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Atual

Ir para Início