Mação entra no plano de recuperação florestal de áreas ardidas

Em Empresas/Região

O Governo vai lançar um plano de recuperação agro-florestal para Mação, Sertã e Vila de Rei. Nestes três concelhos afetados por grandes incêndios, tanto em 2017 como em 2019, pretende-se recuperar a área ardida e ativar a gestão agro-florestal.

O grupo de trabalho que vai elaborar o Plano Integrado de Transformação Territorial resulta de uma iniciativa conjunta dos ministérios da Agricultura, da Economia, do Planeamento e do Ambiente. É coordenado pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, inclui representantes dos quatro ministérios envolvidos, da AGIF – Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais, dos três municípios, da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, das organizações de produtores agrícolas e florestais dos concelhos afetados e da Associação de Desenvolvimento do Pinhal Interior Sul.

O despacho, já publicado em Diário da República, estabelece que 30 de abril de 2020 é a data limite para a apresentação do plano, sendo que o grupo de trabalho fica, depois, também responsável pelo acompanhamento da sua execução. A ordens são claras: o plano tem de ter por base “o reforço da aplicação dos programas de política agrícola, florestal, ambiental e de desenvolvimento regional”, tendo em conta medidas atuais e outras que possam ser incluídas através de política pós-2020, o quadro comunitário de apoio.

Além disso, garante o Governo, o acompanhamento e a execução do plano integrado de transformação territorial tem como objectivo final “um novo modelo de ordenamento da paisagem e a adoção de ferramentas de gestão agroflorestal inovadoras, que permitam ganhos de escala, incentivando sistemas de produção biodiversos, resilientes e sustentáveis” de forma a aumentar a resistência e resiliência aos incêndios rurais.

Em causa, a recuperação do território dos concelhos de Mação, Sertã e Vila de Rei, que já em 2017 foram atingidos por grandes incêndios, razão pela qual foram integrados no Programa de Revitalização do Pinhal Interior.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Empresas

Ir para Início