Bênção dos capacetes reúne 150 mil motociclistas em Fátima

Em Sociedade

A Peregrinação da Bênção dos Capacetes é uma iniciativa aberta a todos os motociclistas “com motos, sejam elas de grande ou pequena cilindrada”, diz a organização.
Marcada para o fim deste mês, a Bênção dos Capacetes é já considerada uma das maiores peregrinações ao Santuário de Fátima, tendo reunido, no ano passado, 150 mil motociclistas.
O número de peregrinos motociclistas tem vindo a aumentar desde 2014, ano em que se realizou a primeira Bênção dos Capacetes. Além da divulgação do mototurismo, os objectivos da organização passam ainda pela prevenção e segurança rodoviária, educação cívica, cultura ou lazer. 
A comissão organizadora, cujo responsável é Carlos Fernando Mendes Pereira, diz que de se trata de “uma peregrinação onde todos se prezam e orgulham pela amizade, pelo bom senso, pelo respeito e convívio”.

A celebração da VI edição da Bênção dos Capacetes está a cargo do Bispo das Forças Armadas e Forças de Segurança, D. Rui Valério e realiza-se no domingo, dia 22 de setembro,  às 11 horas da manhã no Santuário de Fátima.

O programa preliminar é apresentado no próximo sábado, em Torres Vedras. A organização divulgará então quais os projectos de solidariedade social a que se associa este ano. 

Diz a organização que “a boa vontade dos motards, familiares e amigos na concretização destas ações de solidariedade, para ajudar os mais desfavorecidos e desprotegidos, quer sejam pessoas ou animais, vão ao encontro das suas necessidades, tentando sempre abraçar os desafios mais difíceis dos quais muito nos orgulhamos”.

A comissão organizadora inclui nove associações de motociclismo: Clube Motard da Madeira, Grupo Motard do Infantado, Grupo Motard Os Abóbras, Motoclube Corvos de Lisboa, Motoclube de Setúbal, Motoclube de Torres Vedras, Motoclube de Vizela, Motoclube do Oriente – Tribomotard e o Motoclube Roda no Ar, sediado em Rio Tinto.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*