Criatividade nas escolas é o mote do arranque do ano letivo em Tomar

Em Educação/Região

“Escola Criativa, alunos criativos”, foi o tema em debate na sessão de boas–vindas aos professores e educadores, que se realizou, dia 9 de setembro, no Cine-Teatro Paraíso.

Numa iniciativa conjunta do Município de Tomar e do Centro de Formação de Professores “Os Templários” em parceria com os agrupamentos de escolas Nuno de Santa Maria e Templários, Escola Profissional de Tomar e Instituto de Emprego e Formação Profissional, o vereador da Educação, Hugo Cristóvão, deu as boas vindas aos cerca de 400 docentes que participaram na ação que marca o arranque do ano letivo – “Em Tomar a aprender”.

Sob a moderação de Nuno Garcia Lopes, a mesa redonda “Escola Criativa, alunos criativos”, contou com os contributos dos oradores João Mil Homens, representante em Portugal da Singularity University, e de Sara Brighenti, subcomissária do Plano Nacional das Artes, para quem “uma escola não deve ter muros, não deve ter fronteiras em relação ao que a rodeia”.

Tendo como objetivo principal inspirar aqueles que estão na linha da frente da mudança, os professores, que este ano, em Tomar, são convidados a abraçarem novos desafios no processo de ensino aprendizagem através do Plano Nacional das Artes, de que o Agrupamento dos Templários vai ser um dos pioneiros, o debate contou com uma participação ativa dos presentes.

Temas como as linguagens e as manifestações artísticas vêm acrescentar novos processos e multiplicar as hipóteses de interação, ajudando a ver mais e de diferentes prismas. É necessário que os alunos consigam resolver problemas difíceis, tenham pensamento critico, sejam criativos, saibam relacionar-se com os seus pares, tenham inteligência emocional e competências interpessoais, para além de serem cognitivamente flexíveis. Isto porque estão a ser preparados para épocas que não conhecemos, para um mundo em que a tecnologia já disponível aponta para uma imensa reformulação das profissões que conhecemos.

O início da sessão foi assinalado com a bem-humorada presença do grupo musical AKASUS, também ele constituído por professores, e durante a tarde houve espaço para visitas culturais ao Centro de Arqueologias do IPT, Complexo Cultural da Levada e Centro de Estudos em Fotografia de Tomar.

A 2.ª sessão da ação “Em Tomar a aprender” destina-se ao pessoal não docente que foi recebido, hoje, dia 10 de setembro, na Biblioteca Municipal, a partir das 15 horas, com uma palestra com José Miguel Oliveira.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Educação

Ir para Início