Politécnico de Santarém cresce dobro da média nacional do ensino politécnico

Em Educação

O IPSantarém disponibilizou 874 vagas para 18 cursos de licenciaturas ministradas nas Escolas Superiores Agrária, Educação, Gestão e Tecnologia, Desporto e Saúde, nos regimes diurno e pós-laboral.

Nesta 1.ª fase de candidatura ao Concurso Nacional de Acesso foram colocados 564 candidatos, perfazendo uma taxa de ocupação 65%, um valor que corresponde a um aumento de 4% face ao passado, e que se mantém acima do aumento verificado a nível nacional (+1,2%) e em todo o Subsistema Politécnico (+1,9%).

As matrículas desta fase continuam a decorrer até ao próximo dia 13 de setembro. A estes novos estudantes juntam-se ainda os 62 estudantes internacionais já matriculados, para os quais se está a preparar um programa de integração cultural, envolvendo os Serviços de Ação Social e algumas entidades parceiras.

As candidaturas à 2.ª fase do Concurso Nacional de Acesso realizar-se-ão até ao próximo dia 20 de setembro de 2019, de acordo com o Calendário aprovado pela Direção-Geral do Ensino Superior.

Para além disso, estão ainda a decorrer as candidaturas para os cursos de licenciatura através dos concursos especiais e regime de mudança de par/instituição curso, bem como para outras ofertas formativas oferecidas no IPSantarém, nomeadamente, para os cursos Técnicos Superiores Profissionais (TeSP), Pós-Graduações, Mestrados, entre outras.”

Atendendo ao aumento da procura que se tem vindo a verificar, estima-se que este ano o número de novos estudantes que ingressaram pela primeira vez no Politécnico de Santarém supere o número de 1314 verificado no ano passado, ultrapassando assim a meta dos 1400 estudantes.

Em nota de imprensa, o IPSantarém refere que “estes resultados refletem já o trabalho de consolidação da imagem do Politécnico de Santarém e das suas Escolas que se pretende cada vez mais reforçar junto dos jovens da Região e do País. A atratividade da oferta formativa é um objetivo estratégico que implica a mobilização de todas as forças vivas da região”.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Educação

Ir para Início