Prisão preventiva para acusado de dois crimes de fogo posto em Rio Maior

Em Região

Segundo a Procuradoria da República da Comarca de Santarém, foi deduzida acusação pelo  DIAP de Santarém relativamente a um arguido, presentemente em prisão preventiva, pela prática de dois crimes dolosos de incêndio e um crime de violação de imposições, proibições e interdições.
Segundo a Procuradoria da República, o arguido, com anteriores condenações pela prática de condução de veículo em estado de embriaguez e, por esse motivo, inibido de conduzir, no dia 3/6/2019, procedeu à ignição de dois incêndios florestais em Rio Maior, no período de três horas.
Apesar de ter ardido uma relevante área de feno, eucalipto e pinheiro, não houve consequências de maior para habitações ou vidas, pela pronta ação dos bombeiros locais.
Entre os dois pontos de incêndio, o arguido conduziu um veículo, apesar de estar proibido de o fazer por força de sentença anterior, pelo que incorreu no crime de violação de imposições, proibições e interdições.
Está em curso o prazo para abertura de instrução que, a não ser requerida, determinará a remessa do processo para julgamento perante tribunal coletivo.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Região

Ir para Início