Biblioteca Municipal de Azambuja recebeu reunião mensal da RIBLT

Em Educação/Região

A Biblioteca Municipal de Azambuja recebeu, no passado dia 18 de setembro, os responsáveis das bibliotecas dos 11 municípios da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo, a Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), e ainda, os responsáveis pelas bibliotecas do Entroncamento e de Torres Novas, no âmbito da reunião mensal da Rede Intermunicipal de Bibliotecas da Lezíria do Tejo (RIBLT).

Este grupo reúne mensalmente para projetar e desenvolver atividades e projetos em rede. Estas reuniões são realizadas em itinerância por todas as bibliotecas da rede, sendo que, desta vez, foi a Biblioteca Municipal de Azambuja que os recebeu. Teve como objetivo discutir temas de relevo para as Bibliotecas Municipais da Lezíria do Tejo, entre eles: o projeto “Marcas na História”, a desenvolver pela RIBLT e RBE (Rede de Bibliotecas Escolares), com o apoio do Centro Europe Direct, o ponto de situação do projeto PADES, por parte da DGLAB, entre outros. No final, houve ainda tempo para uma visita guiada à Biblioteca Municipal de Azambuja, onde foi possível conhecer os vários serviços e recursos à disposição do público.

Refira-se que no dia 19 de setembro de 2018, na sede da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT), em Santarém, foi celebrado o Acordo de Cooperação para a constituição da Rede Intermunicipal de Bibliotecas da Lezíria do Tejo (RIBLT), entre a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas e os onze municípios que constituem esta Comunidade Intermunicipal: Almeirim, Alpiarça, Azambuja, Benavente, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos e Santarém.

Estas reuniões mensais tiveram início no fim de 2017 e na primeira reunião, todos apresentaram as respetivas Bibliotecas e serviços, e tornou-se clara a necessidade e as vantagens de desenvolver contatos regulares entre os parceiros, de modo a trocarem experiências ao nível da gestão de recursos, da formação profissional, do tratamento documental e da promoção da leitura.

Esta iniciativa nasceu a pensar na partilha de experiências, de atividades, de recursos de informação, na formação profissional, apostando num funcionamento mais eficaz e eficiente, numa melhor rentabilização dos recursos financeiros e, sobretudo, na obtenção de uma maior coesão entre pares, proporcionando uma outra dimensão ao papel das Bibliotecas da região.

Tendo em conta os habituais constrangimentos orçamentais, esta Rede tem potenciado os serviços disponibilizados à comunidade. Como exemplo, ainda sem a Rede instituída, dias após a primeira reunião, uma das contadoras de histórias da Biblioteca de Municipal de Alpiarça foi apresentar o seu trabalho à Feira do Livro de Coruche. Na segunda reunião, a Biblioteca Municipal da Chamusca disponibilizou-se a ceder um conjunto de materiais de animação para bebés à Biblioteca Municipal de Azambuja. Estas foram as primeiras partilhas, de muitas partilhas que se podem desenvolver a todos os níveis, com ganhos significativos para todos.

Um ano após a assinatura do protocolo, a RIBLT já concretizou várias iniciativas como a FACIL (feira do autor da comunidade intermunicipal) para promover os autores locais, que decorreu em Almeirim no passado mês de maio, onde a Rede de Bibliotecas de Azambuja esteve presente a promover o empréstimo interbibliotecas entre municípios, e a “partilha” de atividades.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*