88.º aniversário dos Bombeiros Voluntários Torrejanos

Em Sociedade

Os Bombeiros Voluntários Torrejanos comemoraram 88 anos de vida no dia 5 de outubro.

Após a alvorada, hastear da bandeira, romagem ao cemitério e receção às entidades, decorreu no Teatro Virgínia a sessão solene.

A mesa de honra foi composta pelo presidente da Mesa da Assembleia Geral da Associação, Abel Luís Lemos Caldas; presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Pedro Ferreira; representante da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes; representante da Federação dos Bombeiros do Distrito de Santarém, José Salvado;  comandante Operacional Distrital, Mário Silvestre; presidente da Direção da Associação Humanitária, Arnaldo Filipe Rodrigues dos Santos; comandante do Corpo de Bombeiros, José Carlos Sénica Pereira.

No seu discurso, o presidente da direção da Associação Humanitária, Arnaldo Santos, começou por enaltecer e agradecer às famílias dos bombeiros, por serem o grande suporte e pilar do seu trabalho diário.

O presidente deixou também o “reconhecimento e gratidão a todas as Instituições, Empresas e Cidadãos que têm apoiado com donativos de vária índole, que muito tem ajudado a responder às necessidades do dia a dia. E têm-no feito sem exigir nada em troca e de forma discreta.”

À frente da direção de uma associação com mais de 8.000 associados, Arnaldo Santos expressou a sua preocupação e apelou às entidades responsáveis pela Proteção Civil para que sejam cumpridos os apoios prometidos, referindo:

“Damos o nosso trabalho e profissionalismo e em nome dos Torrejanos exigimos o respeito e os meios a que temos direito. Não queremos ser pedintes. Queremos ser parceiros, queremos responder à comunidade que nos sustenta com dignidade e eficiência no cumprimento das nossas missões! Este é o nosso compromisso!” declarou o dirigente.

Na cerimónia, foram entregues as condecorações aos sócios com 50 anos, condecorações da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Torrejanos (Mérito Grau Ouro – 40 e 30 anos de assiduidade; Mérito Grau Prata – 15 anos de assiduidade, Mérito Grau Cobre – 10 e 5 anos de assiduidade), condecorações da Liga dos Bombeiros Portugueses (Medalha de Assiduidade – graus cobre 5 anos, prata 10 anos, ouro 15 anos; Medalha de Dedicação e Altruísmo – 30 ou mais anos de serviço; Medalha de Dedicação Grau Ouro; Medalha de Serviços Distintos Grau Ouro).

As comemorações terminaram com a missa, na Igreja de São Pedro.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Sociedade

Ir para Início