Congresso “Cientistas de Palmo e Meio” reuniu 500 crianças em Alcanede

Em Educação

O 1.º Congresso “Cientistas de Palmo e Meio” realizou-se ontem, dia 08 de outubro, em Alcanede, no âmbito das comemorações dos 40 anos do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros (PNSAC).

O Congresso contou com a paetivipação de 500 crianças dos 5 aos 12 anos que apresentaram e debateram projetos de Ciência e de Educação Ambiental que resultaram de trabalhos de índole pedagógica e científica, desenvolvidos no meio escolar.

“A Pedra – do Passado ao Futuro”, “Abelhas Saudáveis sem Pesticidas”, “Ciência em Movimento”, “Ciência no Pátio – Projeto OSOS”, “Predação Jurássica”, “Aprender fazendo com MICROBIT” e “Algar, um Laboratório Vivo” foram os trabalhos apresentados pelos pequenos cientistas dos concelhos limítrofes do PNSAC e do concelho de Santarém.

Ao envolver os alunos neste encontro, pretendeu-se cativar, educar e criar cidadãos críticos e ativos, capazes de defenderem e compreenderem o mundo que os rodeia, assim como estimular o interesse das camadas juvenis para a investigação científica e para a conservação da natureza.

Tal como qualquer congresso científico, houve um Conselho Científico-Pedagógico, presidido pela investigadora Ana Sofia Reboleira e com elementos do ICNF, da Câmara de Santarém, do Agrupamento de Escolas de D. Afonso Henriques e dos Institutos Politécnicos de Santarém e de Leiria, que analisaram, previamente, a qualidade das comunicações apresentadas.

Este congresso foi organizado pelo Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques, em parceria com a Câmara Municipal de Santarém, Junta de Freguesia de Alcanede, ICNF e sob orientação da Investigadora Ana Sofia Reboleira, professora associada da Universidade de Copenhaga.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Educação

Ir para Início