fbpx

Temos duas ministras no Governo eleitas pelo distrito de Santarém

Em Sociedade
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é alexandra-leitao.jpg

Alexandra Leitão, a nova ministra da Modernização Administrativa e Administração Pública, e Maria do Céu Albuquerque, a ministra da Agricultura do novo governo de António Costa, foram eleitas deputadas na lista do PS pelo distrito de Santarém.

Alexandra Leitão, que liderou as negociações com os sindicatos dos professores sobre o descongelamento das progressões, foi a escolha de António Costa para ficar à frente do novo Ministério da Modernização Administrativa e Administração Pública.

Dirigente socialista, 46 anos de idade, Alexandra Leitão foi no XXI Governo Constitucional secretária de Estado da Educação e nas últimas eleições legislativas foi cabeça de lista do PS pelo círculo de Santarém.

Na orgânica do anterior Governo, a pasta da Administração Pública estava na esfera do Ministério das Finanças, enquanto que a Modernização do Estado estava na Presidência do Conselho de Ministros.

Alexandra Leitão, licenciada, mestre e doutora em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, lidera um dos novos ministérios que integram o futuro executivo de António Costa.

Depois de ter participado ativamente nas negociações do descongelamento das carreiras, Alexandra Leitão irá agora enfrentar as reivindicações dos sindicatos da administração pública, nomeadamente aumentos salariais para o próximo ano e as negociações sobre as carreiras.

Professora auxiliar da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, foi entre 2009 e 2011 diretora-adjunta do Centro Jurídico da Presidência do Conselho de Ministros, onde antes desempenhou funções de consultora.

A nova ministra foi também vogal do Conselho Consultivo da Procuradoria-Geral da República entre 2011 e 2015 e adjunta de gabinete do secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros do XIII Governo Constitucional entre 1997 e 1999.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é maria-ceu-albuquerque-e1566937793378-1024x722.jpg

Ex-presidente da Câmara de Abrantes com a pasta da Agricultura

Por seu lado, Maria do Céu Albuquerque, 49 anos, é o nome escolhido pelo primeiro-ministro, António Costa, para a pasta da Agricultura, oito meses depois de ter sido designada secretária de Estado do Desenvolvimento Regional.

Nascida em 1970 em Abrantes, a ministra é licenciada em Bioquímica pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra e pós-graduada em Gestão da Qualidade e Segurança Alimentar pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz.

Maria do Céu Albuquerque era secretária de Estado do Desenvolvimento Regional desde fevereiro deste ano.

Presidente da autarquia de Abrantes durante nove anos, liderou desde 2013 o Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo.

Além disso, a sucessora de Capoulas Santos no cargo foi membro do Conselho Económico e Social e do Conselho das Comunidades e Regiões da Europa na Comissão Permanente para a Igualdade das Mulheres e dos Homens na Vida Local.

Maria do Céu Albuquerque foi membro do Comité de Acompanhamento do Programa Operacional Regional do Centro – Centro 2020, e da Comissão Executiva da Entidade Regional do Turismo Centro de Portugal, presidindo também à direção da TecParques – Associação Portuguesa de Parques de Ciência e Tecnologia, segundo uma nota biográfica divulgada pelo Governo.

Com Lusa

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Sociedade

Ir para Início