fbpx

Pousio

Em Opinião

Vivemos dias de pousio político, este interregno, só é quebrado pelos clones de Relvas, e as interrogações sobre composição do futuro governo de Costa. Os clones gastam a pele dos dedos no seu passar pelos telemóveis na incessante procura de apoios no intuito de conseguirem sentar no cadeirão representativo do poder laranja. São nossos conhecidos de ginjeira, exibem currículos de traições conforme o seu interesse, de estudos inspirados na voz do dono que, por seu turno, nessa matéria foi mais veloz que o Pepe Gonzalez a obter o diploma de licenciado, não o de doutoramento porque não calhou.

Nas hostes socialistas reina a paz dos vencedores, as invejas e os despeitos estão no baú do – espera a ocasião, o grupo parlamentar ficará debaixo da mão de ferro enluva em pelica de Ana Catarina Mendes, por isso mesmo João Galamba e Isabel Moreira só partirão copos e pratos quando for do interesse de Costa. Esse interesse recairá prioritariamente sobre os ombros de Catarina e Mariana Mortágua (estão muito silenciosas), e nas canelas de Rui Rio, caso ele consiga reduzir os críticos a cometas voláteis, de cauda fugaz e desprovidas de brilho.

Estes dias de pousio possibilitam aprendizagens às senhoras deputados do partido vegetariano e dos cães e gatos (Lobo Xavier), não tardaremos a perceber quais são as suas qualidades e defeitos, já no CDS temos cinco actores à procura de um encenador. O mais dotado e experiente é Telmo Correia, o veterano deputado foge do encargo tão lépido quanto o Diabo da cruz, a Senhora Cristas não desmereceu de tudo quanto escrevi sobre ela, sobra-lhe o poder exercer o mandato e a vereação em Lisboa, para quem pretendia governar-nos é pouco, confrangedoramente pouco.

O Sr. Presidente da República aguarda o resultado dos exames médicos ainda por efectuar, todos nós desejamos o melhor diagnóstico possível, o próximo mandato será bem mais trabalhoso, e só de ter de executar a tarefa de ouvir os deputados dos partidos que vão entrar é penitência de grande pecador. Ora, Marcelo não tem pecados!

A nível regional o leitor faça o favor de conceder atenção a Correia Noras e não se esqueça do inefável João Moura.

Armando Fernandes

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Opinião

Na desportiva

As profissões do Desporto representam cerca de 1% do PIB português (clubes…

Ir para Início