fbpx

Detida rede de burlões que actuava nos distritos de Santarém, Aveiro, Setúbal, Portalegre e Lisboa

Em Sociedade

A investigação da GNR, que durou cerca de dois anos, envolveu 150 efectivos de vários comandos territoriais e conduziu agora à detenção de seis homens e duas mulheres, com idades entre 22 e 69 anos, por falsificação de documentos, burlas, furtos e roubos, entre outros crimes, em 5 distritos do país: Aveiro, Santarém, Lisboa, Setúbal e Portalegre. Conduzida pelo Núcleo de Investigação Criminal de Grândola, a GNR descobriu uma rede de falsificação de documentos, burlas a particulares para obtenção de viaturas, burlas a entidades bancárias tendo em vista a obtenção de créditos,  bem como furtos e roubos nas regiões mencionadas. 

O comunicado da GNR refere que o grupo falsificava comprovativos de transações bancárias, recibos de vencimento, documentos de serviços de finanças, cheques bancários, entre outros, permitindo que fossem “adquiridos” veículos a pessoas particulares ou “adquiridos” créditos bancários

Nos casos em que as vítimas ofereciam resistência, o esquema, por diversas vezes, resultava, posteriormente, em furtos ou mesmo roubos, visto que havia recurso à violência.

Na sequência dos mandados de busca a casas, garagens e veículos, os militares apreenderam diversa documentação e carimbos falsificados, cinco computadores e diverso material informático e de impressão, 2 880 euros em numerário, três veículos, 12 telemóveis, uma caçadeira, uma pressão de ar e ainda vários artigos em ouro.

No distrito de Santarém foram feitas cinco buscas e um dos 8 suspeitos foi detido em Almeirim. Alguns dos arguidos tinham já antecedentes criminais por homicídio com arma de fogo, roubos com arma de fogo, burla qualificada, falsificação de documentos e furto e viciação de veículos. Os detidos são agora presentes ao Tribunal de Setúbal para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação que deverão ser conhecidas amanhã. 


Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Sociedade

Ir para Início