fbpx

Programa financiado de consultoria empresarial para o turismo apresentado na Startup Ourém

Em Empresas

O programa de consultoria empresarial para o setor do turismo que permite uma intervenção de fundo nas empresas, através da apresentação de soluções concretas face aos problemas e oportunidades encontrados nas mesmas, vai ser apresentado no dia 28 de novembro, na Startup Ourém. O Melhor Turismo 2020 é dinamizado pela NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém e é financiado a 90%.

As empresas do setor da hotelaria e turismo interessadas em modernizar-se e melhorar o seu serviço, têm à disposição o Melhor Turismo 2020, programa de consultoria especializada para este setor e que pretende modernizar os modelos de negócio, a organização e as práticas de gestão das empresas desta atividade.

O programa – que se pode realizar em diversas áreas, tendo em conta os objetivos dos participantes – intervém nas empresas através da presença de um consultor que analisa e redige um relatório completo da mesma, propondo e trabalhando em conjunto com o empresário na implementação de um plano de ação com soluções concretas face aos problemas e oportunidades encontradas no seio do negócio.

“Capitalizar: Otimização de Recursos Financeiros”, “Economia Digital”, “Gestão de Empresas Turísticas” e “Turismo 4.0” são as quatro áreas temáticas que as empresas podem escolher no âmbito da intervenção do Melhor Turismo 2020, tendo em conta se pretendem tornar-se mais eficientes do ponto de vista financeiro, ingressar ou intensificar a sua presença digital, otimizar a sua gestão ou modelo de negócio ou conferir inovação à sua atividade.

Estas e outras especificidades do projeto vão ser explicadas na sessão de esclarecimentos agendada para a Startup Ourém no dia 28 de novembro, pelas 15h15. As inscrições para participação estão abertas e são gratuitas, devendo ser realizadas em www.nersant.pt.

Importa referir que o Melhor Turismo 2020 é um programa desenvolvido pela NERSANT em parceria com a CTP – Confederação do Turismo de Portugal, e é cofinanciado pelo Fundo Social Europeu, que comparticipa 90% dos custos de implementação do projeto em cada empresa.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Empresas

Ir para Início