É proibido rir

Em Opinião

É proibido rir após termos lido as palavras de uma deputada especialista em cartas de ódio, a cavalheira nunca deve ter lido «Ódio Velho Não Cansa», porém não se cansa de papaguear vulgatas caracterizadas pelo ódio ao homem branco, português e herdeiro de todos os males (que foram muitos) dos seus ancestrais. A Senhora só agora iniciou a prédica, vamos ouvir falar dela muitas vezes sem esboçarmos um sorriso, muito menos uma gargalhada.

É proibido rir acerca das toscas explicações de João Galamba, o farfantão e truculento rapaz, enquanto deputado representou o distrito de Santarém, dele não se conhece um projecto-lei relativo ao Tejo no intuito de o defender da morte lenta em que está mergulhado, menos ainda no tocante às rodovias a exigirem desde há muitos anos requalificação e sobre as encostas na circunvalação da cidade do gótico o seu silêncio foi pesado. Repito: foi deputado eleito em representação do Ribatejo. A detonantes explicações estão relacionadas com uma mina de lítio a escavar em Boticas, as mulheres do Barroso fizeram jus à sua fama de enérgicas, amigas e amantes das suas terras não hesitando na intonação robusta do aviso – para cá do Marão, mandam os que cá estão –, por assim ser Galamba ganha em evitar as terras barrosãs. Se o ora secretário de Estado tivesse lido a obra do recentemente canonizado Santo, Dom Frei Bartolomeu ficava a saber qual era e é a fibra das gentes destas paragens.

É proibido rir do emudecimento do sempre prolixo Rui Tavares no que tange ao Livre, certamente, Tavares está a investigar trajes medievais a fim de propiciar vários modelos de vestimenta aos assessores parlamentares. A coisa promete e gostaria de ler o historiador a comentar a viragem na defesa de causas identitárias em detrimento da grande causa europeia da qual tanto escreveu a falou o fundador do referido Livre.

É proibido rir da Ministra da Saúde e do Ministro da Educação por serem ilusionistas do irreal transformando-o em real não realidade.

Armando Fernandes

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Opinião

Falta de chá

Os políticos de punhos de renda notabilizaram-se por serem acutilantes, ferozes nos…

Ir para Início