Empresas aprendem a tornar processos financeiros mais eficientes com a NERSANT

Em Empresas

Um conjunto de empresas da região de Santarém esteve na Startup Santarém no dia 12 de novembro, para participar num dos workshops de capacitação de literacia financeira do projeto financiado Ribatejo InovFin. O tema em destaque foi a eficiência dos processos financeiros.

O workshop voltou a ser liderado por Fernanda Martins, da Racios Consulting. Ao longo de toda a sessão, a especialista deu a conhecer aos presentes técnicas e ferramentas que lhes permitem desbloquear tempo de tarefas financeiras do dia-a-dia para e alocá-lo a tarefas de maior valor acrescentado, como o controlo orçamental e o planeamento financeiro. O objetivo, explicou, é reduzir o tempo gasto em tarefas administrativas para libertar tempo para planeamento financeiro e estratégico, uma vez que é bastante comum ver o tempo dos empresários, e das respetivas áreas financeiras, ser absorvido com tarefas rotineiras ligadas às finanças da empresa.

“Faturas, clientes e fornecedores”, “contas correntes de clientes e fornecedores”, “tesouraria” e “contabilidade e controlo de gestão” foram algumas das áreas escrutinadas ao longo do workshop, que contou ainda com a realização conjunta e assistida de diversos exercícios práticos.

Este tema de literacia financeira para pequenos negócios vai ser replicado no dia 27 de novembro, na Startup Ourém. As inscrições são gratuitas e já estão disponíveis no portal da NERSANT, em www.nersant.pt, e no portal do projeto, em www.inovfin.pt.

A sessão foi realizada ao abrigo do Ribatejo InovFin. Trata-se de um programa dinamizado pela NERSANT que está a percorrer o distrito de Santarém com vários workshops gratuitos de literacia financeira para as empresas. O Ribatejo Inovfin é financiado pelo COMPETE 2020 no âmbito do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, que, para além da promoção da literacia financeira, tem ainda como objetivos promover a inovação como um instrumento fundamental para o aumento da competitividade das empresas, a promoção de estruturas financeiras mais equilibradas e a melhoria das condições de acesso ao financiamento por parte das PME.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Empresas

Ir para Início