Prisão preventiva para seis suspeitos de tráfico de droga Évora, Portalegre e Santarém

Em Sociedade

O Tribunal de Évora decretou a prisão preventiva para seis dos 11 detidos por tráfico droga nos distritos de Évora, Portalegre e Santarém, aplicando aos outros apresentações periódicas no posto policial, indicou hoje a GNR.

O Comando Territorial de Évora da GNR, em comunicado divulgado hoje, lembrou que as 11 pessoas, sete homens e quatro mulheres, entre os 25 e os 65 anos, foram detidas na passada quarta-feira.

Os suspeitos foram presentes ao Tribunal Judicial de Évora, que ordenou a medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva, para seis deles, ficando os restantes cinco sujeitos a apresentações periódicas no posto policial da área de residência, pode ler-se no comunicado.

A operação, que culminou na detenção dos 11 suspeitos e permitiu apreender armas e droga, foi realizada pelo Núcleo de Investigação Criminal de Estremoz da GNR, em coordenação com o Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Évora.

“Na sequência de uma investigação, a decorrer desde julho de 2018, por tráfico de estupefacientes, os militares deram cumprimento a 17 mandados de busca, das quais dez domiciliárias e sete em veículos”, indicou a guarda, em comunicado divulgado na quinta-feira passada.

Na operação, os militares da GNR apreenderam 40 doses de liamba, 33 de haxixe e 19 de cocaína, além de três armas de fogo, 3.514 euros em numerário, 20 telemóveis, cinco viaturas, 14 peças em ouro, três LCD e um aerossol de defesa.

A ação contou com o reforço de militares dos comandos territoriais de Portalegre e de Santarém e da Unidade de Intervenção da GNR.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Sociedade

Ir para Início