fbpx

Programa das festas para o fim de semana em Santarém

Em Ribatejo Cool

Aproveite o que Santarém tem para lhe oferecer este fim de semana

Sexta-feira:

Esta sexta-feira, dia 6 de dezembro, às 18h30, a Sala de Leitura Bernardo Santareno acolhe o Ciclo de Conversas CURAR: Terapias energéticas. O Indivíduo como o seu “curador” interno, com Ruy Paulo Barbosa, do Instituto Ecuménico Luzitano.

“Terapias energéticas: vibrações de cura através da imposição das mãos (disfunções dos níveis físico, mental, emocional e espiritual). O individuo como o seu ‘curador’ interno”.

Às 21h00 prosseguem as iniciativas do Reino de Natal de Santarém, criado a pensar em todas as gerações, com Noite de Magia com Manuel Barata, no Palco do Reino, no Jardim da Liberdade.

Visite o Reino de Natal de Santarém, no Jardim da Liberdade, com atividades e iniciativas preparadas para comemorarmos esta época natalícia: uma Tenda Principal com Pista de Gelo natural, Snowtubbing, Escalada, Slide, Arborismo, Insufláveis, Renas, Palco, Bar/Lounge, Renas Elétricas para os mais pequenos, Globo de Neve e Carrossel Ecológico. Mercadinho do Reino, Street Food, musicais da Disney, concertos de música com coros, tunas, bandas do Concelho e Conservatório de Música de Santarém.

Todas as iniciativas têm lugar dentro de tendas gigantes para que, em casa de intempérie, todos possam continuar a usufruir destas atividades.

O Reino de Natal – Tenda Principal que conta com a Pista de Gelo, Snowtubbing, Slide, Arborismo, Insufláveis, Renas Elétricas, Carrossel Ecológico e Bar/Lounge, funciona de segunda a quinta-feira, das 12h30 às 20h30. À sexta-feira, funciona das 12h30 às 22h30, ao sábado, das 10h00 às 22h30 e ao domingo, entre as 10h00 e as 20h30.

O Comboio do Reino que percorre as principais ruas e praças do Centro Histórico vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 11h00 às 18h00 e aos sábados e domingos, das 10h00 às 18h00 (encerra das 13h00 às 14h00). Apesar de ser de acesso livre, é necessário adquirir previamente um bilhete gratuito, de forma a garantir que todos possam também usufruir deste meio de transporte.

O Mercadinho do ReinoTenda Secundária, funciona de segunda a quinta-feira, entre as 12h30 e as 20h30, à sexta, das 12h30 às 22h30, ao sábado, das 10h00 às 22h30 e ao domingo, entre as 10h00 e as 20h30.

O Street Food, na zona exterior, está aberto todos os dias, a partir das 12h00.

O Maior Presépio do Ribatejo, situado na Rua Serpa Pinto (antiga Loja da Vodafone), pode ser visitado de segunda a sábado, das10h00 às 19h00. No domingo, das 11h00 às 19h00. Encerra das 13h00 às 14h00.

A Casa do Pai Natal, na zona exterior, vai estar aberta das 11h00 às 13h00 e das 15h00 às 18h00.

No dia 24 de dezembro, todas as atividades funcionam entre as 10h00 e as 13h00.

Para permitir que todos possam experimentar a Pista de Gelo, a organização decidiu, este ano, criar um acesso no valor de 2,5 euros à Pista de Gelo e Snowtubing (rampa de Gelo). Todas as outras atividades são gratuitas: Escalada + Slide, Arborismo, Insufláveis, Renas Elétricas, Globo de Neve e todos os espetáculos e Carrossel Ecológico.

Às 21h30, assista à Peça de Teatro “Na Cidade”, pelo Veto Teatro Oficina, com direção de Fernanda Narciso, no Teatro Taborda – Círculo Cultural Scalabitano.

“O sol acabou de nascer, vem em forma de música abrir as portas e as janelas da grande avenida. Chama por todos nós, os homens e as mulheres da cidade, e começa a dança.

O que se retrata dessas cidades, são imagens, formas, sentimentos que são percecionados de maneira diversa para cada um que as experimenta. As cidades ganham assim vida através da imaginação de cada um e, à medida que vão sendo preenchidas as lacunas discursivas, com a experiência, anseios e expectativas e, portanto, sempre diferentes consoante as características singulares de cada um, despertando através do simbólico, os sucederes, as diferenças que levam à criação, mas também ao pensar. Desta forma, torna-se a narrativa, um organismo vivo, que se multiplica e se dilui, para se recompor de novo de formas diferentes, mas com o mesmo objetivo, a criação de olhares complementares.

As cidades movem-se ao som do nosso respirar, mas nunca morrem apenas se transformam”.

Sábado:

Este sábado, dia 7 de dezembro, das 10h00 às 13h00 há Mercadinho Solidário, na Praça Sá da Bandeira (Largo do Seminário), onde diversas IPSS – Instituições Particulares de Solidariedade Social do Concelho, fazem as suas vendas de Natal.

Às 11h00 há Pinturas faciais e animação infantil, na Tenda Principal, no Jardim da Liberdade.

Das 14h30 às 18h30, o espírito de Natal invade as principais ruas do Centro Histórico de Santarém com a realização de uma Parada de Natal, num desfile repleto de cor, criatividade e fantasia.

A Parada de Natal afirma-se como um dos momentos altos da programação natalícia Scalabitana e possibilita a todos os que visitam Santarém, envolverem-se no verdadeiro espírito natalício. Este grandioso desfile conta com dezenas de figurantes, bonecos fofos e gigantes que ganham vida e prometem conquistar o sorriso das crianças.

O percurso da Parada que tem início e fim no Reino de Natal (Jardim da Liberdade), passa pela Rua Dr. Teixeira Guedes, Rua Guilherme de Azevedo, Rua Serpa Pinto, Praça Sá da Bandeira (Largo do Seminário), Rua Capelo e Ivens, Rua Pedro Canavarro e por fim, o Pai Natal visita, pela primeira vez, a sua Casa no Reino de Natal.

O Reino de Natal – Tenda Principal que conta com a Pista de Gelo, Snowtubbing, Slide, Arborismo, Insufláveis, Renas Elétricas, Carrossel Ecológico e Bar/Lounge, funciona ao sábado, das 10h00 às 22h30.

O Comboio do Reino que percorre as principais ruas e praças do Centro Histórico vai funcionar aos sábados, das 10h00 às 18h00 (encerra das 13h00 às 14h00). Apesar de ser de acesso livre, é necessário adquirir previamente um bilhete gratuito, de forma a garantir que todos possam também usufruir deste meio de transporte.

O Mercadinho do ReinoTenda Secundária, funciona ao sábado, das 10h00 às 22h30.

O Street Food, na zona exterior, está aberto todos os dias, a partir das 12h00.

O Maior Presépio do Ribatejo, situado na Rua Serpa Pinto (antiga Loja da Vodafone), pode ser visitado de segunda a sábado, das 10h00 às 19h00.

A Casa do Pai Natal, na zona exterior, vai estar aberta das 11h00 às 13h00 e das 15h00 às 18h00.

Para permitir que todos possam experimentar a Pista de Gelo, a organização decidiu, este ano, criar um acesso no valor de 2,5 euros à Pista de Gelo e Snowtubing (rampa de Gelo). Todas as outras atividades são gratuitas: Escalada + Slide, Arborismo, Insufláveis, Renas Elétricas, Globo de Neve e todos os espetáculos e Carrossel Ecológico.

Às 21h30, o Teatro Sá da Bandeira acolhe o Espetáculo “Co: Lateral”, de Né Barros e João Martinho Moura, com interpretação de Sónia Cunha.

Os bilhetes têm o custo de 5 euros (preço único) e estão à venda no Teatro Sá da Bandeira, na Bol – Bilheteira Online (www.bol.pt ) e nas Lojas Worten, FNAC e CTT. Mais informações através do e-mail: teatrosabandeira@cm-santarem.pt .

«“Co: Lateral” foi desenvolvido a partir do projeto performativo Nuve onde se explorava a relação entre a dança e as artes digitais. Inicialmente apresentado em 2010, este solo interpretado por Né Barros, deu origem a diversas publicações nacionais e internacionais. Ali, o corpo projetava-se e estendia-se numa relação de intimidade com a realidade virtual interativa. O discurso performativo resultante desta ligação, apela a um momento extraordinário, a um momento poético feito de espaço e corpo, feito de mistura de realidades, feito de duplos e de imagens. Este projeto tem ainda a particularidade de se apresentar sob um formato mutável em que pode variar em cada apresentação. A última versão evoca momentos da morte do cisne (lago dos Cisnes) imerso num espaço imaterial de luz e projeção: um fantasma do arquivo da dança voltasse agora para se testar numa realidade de aprisionamento ilusório.

Né Barros, coreógrafa e investigadora, ao longo da sua carreira tem desenvolvido em ligação os seus trabalhos artísticos com os científicos. Artisticamente, iniciou a sua formação em dança clássica e mais tarde trabalha dança contemporânea e composição coreográfica, nos Estados Unidos, Smith College. Tem colaborado com diversos artistas plásticos, fotógrafos, músicos, encenadores, artistas multimédia. Como formadora tem colaborado com diversas instituições e é professora na ESAP. Autora do livro Da Materialidade na dança, Co-editora de Artes Performativas: Novos Discursos, Das Imagens Familiares, Deslocações da Intimidade, e co-autora, Story Case Print. Co-fundadora e membro da direção do balleteatro. Co-diretora do festival de cinema Family Film Project.

João Martinho Moura, artista-investigador. Seus interesses estão focados na arte digital, interfaces inteligentes, música digital e estética computacional. Tem um interesse especial na visualização em tempo real e na criação de artefactos digitais impulsionados pelo corpo. Na última década vem adotando novas maneiras de representar o corpo nas media arts, desenvolvendo artefactos interativos, principalmente representados por abstrações visuais monocromáticas e linhas minimalistas».

À mesma hora, a Igreja de Santa Clara acolhe o Concerto de Natal do Coro do Círculo Cultural Scalabitano com direção artística de António Matias.

Atravessando o Vale do Gaião, e após passar a mítica Fonte das Figueiras, chegamos ao topo da encosta, onde no século XIII se implantou o Convento de Santa Clara. É neste monumento, o maior do núcleo gótico Scalabitano que o Coro do Círculo Cultural Scalabitano apresenta à cidade de Santarém, o seu concerto de Natal.

Destacamos a reestreia da obra “Cantata de Natal” do compositor contemporâneo, João Andrade Nunes, assim como uma viagem multicultural pelas obras de J.S. Bach, W.A. Mozart, César Franck, Jacob de Haan, Jean-Paul Lécot e Franz Grüber. (Duração) 75’ (Classificação) M/6

Às 21h30, tem lugar a Peça de Teatro “Na Cidade”, pelo Veto Teatro Oficina, com direção de Fernanda Narciso, no Teatro Taborda – Círculo Cultural Scalabitano.

“O sol acabou de nascer, vem em forma de música abrir as portas e as janelas da grande avenida. Chama por todos nós, os homens e as mulheres da cidade, e começa a dança.

O que se retrata dessas cidades, são imagens, formas, sentimentos que são percecionados de maneira diversa para cada um que as experimenta. As cidades ganham assim vida através da imaginação de cada um e, à medida que vão sendo preenchidas as lacunas discursivas, com a experiência, anseios e expectativas e, portanto, sempre diferentes consoante as características singulares de cada um, despertando através do simbólico, os sucederes, as diferenças que levam à criação, mas também ao pensar. Desta forma, torna-se a narrativa, um organismo vivo, que se multiplica e se dilui, para se recompor de novo de formas diferentes, mas com o mesmo objetivo, a criação de olhares complementares.

As cidades movem-se ao som do nosso respirar, mas nunca morrem apenas se transformam”.

Domingo:

Este domingo, dia 8 de dezembro, às 11h00 há Pinturas faciais e animação infantil na Tenda Principal, no Jardim da Liberdade e às 14h30, continua o Workshop Natal “Construção Livro Objeto Parte II”, na Tenda Principal.

Às 16h00, tem início o Musical “Génio da Lâmpada”, no Palco Reino.

Este espetáculo (Duração aproximada: 45 minutos) pretende passar a mensagem de “A amizade é o melhor desejo do mundo!”. Jasmine, a princesa de Agrabah, está cansada da sua vida no palácio real e dos pretendentes mimados que chegam para a cortejar. Graças ao poderoso Génio da Lâmpada, Jasmine poderá finalmente conseguir o seu final feliz.

Uma divertida aventura, onde o protagonista é o inconfundível Génio que, através de muitos jogos, enigmas, música, dança e diversão, consegue partilhar que o maior poder que existe… é a amizade!

Às 17h00 há Concerto de Natal pela Sociedade Filarmónica Alcanedense na Sé Catedral, que conta com a participação da soprano Rita Marques.

O Reino de Natal – Tenda Principal que conta com a Pista de Gelo, Snowtubbing, Slide, Arborismo, Insufláveis, Renas Elétricas, Carrossel Ecológico e Bar/Lounge, funciona ao domingo, entre as 10h00 e as 20h30.

O Comboio do Reino que percorre as principais ruas e praças do Centro Histórico vai funcionar aos domingos, das 10h00 às 18h00 (encerra das 13h00 às 14h00). Apesar de ser de acesso livre, é necessário adquirir previamente um bilhete gratuito, de forma a garantir que todos possam também usufruir deste meio de transporte.

O Mercadinho do ReinoTenda Secundária, funciona ao domingo, entre as 10h00 e as 20h30.

O Street Food, na zona exterior, está aberto todos os dias, a partir das 12h00.

O Maior Presépio do Ribatejo, situado na Rua Serpa Pinto (antiga Loja da Vodafone), pode ser visitado ao domingo, das 11h00 às 19h00. Encerra das 13h00 às 14h00.

A Casa do Pai Natal, na zona exterior, na zona exterior, vai estar aberta das 11h00 às 13h00 e das 15h00 às 18h00.

Para permitir que todos possam experimentar a Pista de Gelo, a organização decidiu, este ano, criar um acesso no valor de 2,5 euros à Pista de Gelo e Snowtubing (rampa de Gelo). Todas as outras atividades são gratuitas: Escalada + Slide, Arborismo, Insufláveis, Renas Elétricas, Globo de Neve e todos os espetáculos e Carrossel Ecológico.

Às 15h00 o Teatro Taborda recebe a Peça de Teatro “O Palhaço Soneca e as Danças Mágicas”, com direção artística DE Eliseu Raimundo, pelo Veto Teatro Oficina.

“Os tesouros escondidos dentro de nós só estão à espera que lhes digamos: sim. No bosque encantado da nossa imaginação, passeiam sonhos que esvoaçam ao ritmo do nosso coração. Só precisamos de os libertar e descobrir as magias que eles encerram.” Assim termina a intervenção do Mágico Serafim que, depois de ter sido transformado em Mostrengo pela bruxa Panhocas, voltou à realidade da sua magia, para grande surpresa do palhaço Soneca, o que só foi possível com a ajuda das danças que, para ele, foram as danças mágicas.

Veto Teatro Oficina e Ballet da ADEC – Academia de Dança e Expressão Corporal do Círculo Cultural Scalabitano

Maiores de 4 anos

Às 11h00, prossegue o Campeonato Nacional de Pólo Aquático, no Complexo Aquático Municipal de Santarém com o Jogo da 2ª Divisão Masculina – VS (Viver Santarém) x SCP (Sporting Clube Portugal). Entradas gratuitas.

A decorrer:

Visite a Exposição Itinerante “Descobrir Luiza Andaluz”, até dia 18 de dezembro, na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém.

De 18 de dezembro a 5 de janeiro de 2020, a Exposição pode ser visitada no W Shopping de Santarém.

Luiza Andaluz, uma personalidade para conhecer e (re)descobrir. Uma figura mítica de Santarém e fundadora da Congregação das Servas de Nossa Senhora de Fátima.

O convite é lançado para que venha conhecer a vida inspiradora de Luiza Andaluz, através da exposição itinerante “Descobrir Luiza Andaluz”, patente na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém, desde o dia 12 de novembro até 18 de dezembro, por ocasião da comemoração do 40º aniversário da Escola e também no W Shopping de Santarém, de 18 de dezembro a 05 de janeiro. A programação da exposição no W Shopping inclui animação e atividades infantis.

Até dia 24 de dezembro, visite a Exposição “Urbanidade: 150 anos de elevação a cidade”, na Casa do Brasil. Patente de terça-feira a sábado, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30. Encerra aos domingos, segundas e feriados.

“Nos últimos 150 anos Santarém procurou acertar o passo com outras cidades médias, no intuito de se afirmar como capital de distrito. Fortemente afetada pelas invasões francesas e pelas lutas liberais, foi-se modernizando ao sabor das novidades comerciais, artísticas, arquitetónicas e culturais do país e do mundo.

Com recurso a objetos, imagens e filmes, a exposição Urbanidade procura explorar as principais conquistas da jovem cidade, nos domínios do abastecimento e do saneamento público, dos transportes e comunicações, da cultura e do desporto, do ordenamento do território e do urbanismo, da educação e da saúde, dos espaços verdes e equipamentos coletivos e da defesa, segurança e proteção civil, recriando ambiências de um passado ainda bem presente na memória dos seus habitantes, lançando as bases para uma reflexão do seu futuro coletivo”.

Até dia 24 de dezembro, visite a Exposição ‘Urbanidade – 150 anos de Elevação de Santarém a Cidade (1868-2018)’, em várias ruas, praças e largos de Santarém. A mostra pode ser vista em diferentes pontos do planalto, onde várias telas apresentam a evolução da terra através de imagens acompanhadas por pequenos textos explicativos. A exposição divide-se em duas partes, a segunda encontra-se na Casa do Brasil – Casa Pedro Álvares Cabral, onde a cerca de 300 fotos se juntam objetos e filmes que mostram as principais conquistas da jovem cidade, desde a cultura e do desporto, educação e saúde, ao abastecimento e saneamento público, dos transportes e comunicações, até ao urbanismo, dos espaços verdes ou aos quarteis militares.

Até dia 30 de dezembro, visite a Exposição Coleção de arte contemporânea de “Manuela de Azevedo”, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico da jornalista Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais.

Desde o dia 01 de Outubro a 30 de dezembro está em destaque trimestral uma obra da autoria de Francisco de Almada: “Casario”, Serigrafia a cores s/ papel, 1983.

Até dia 30 de dezembro visite a Mostra Documental “Falam documentos de outras eras”, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire., de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

“Conta que o provedor/ manda rever a Reque-/rimento de francisco godinho/ tesoureiro. (1596).

Ano do nacimento de noso Senhor Jeshus  xcrispto / de mil equinhentos eno venta eseis anoz/ aos trinta ehum dias do mêz de maio do/ dito ano nesta villa de Santarem nas poa/jadas do coregedor diogo de macedo dal/Bo querque do deS embargo del Rei nozo Senhor/ e seu coregedor  comalcada  em esta villa/ e sua comarqua que era servido prove/ dor em ella mandoa fazer elle prove/ dor fazer este auto emcomo Francisco godi/nho tesoureiro lhe  fez apetição Junta nes/te libro em como se lhe devia dous mil e/ sete sentos eoitenta eoito reis que lecenceado Bel/ chior tavares sindicante da Residencia/ do lecenceado lopo pimenta mandoa ao dito tisoa/reiro pagase ao  dito lecenceado lopo pimen/ta e escripvão epor teiro epor a char que  não/ estavão pagos nem levados em conta ao dito/ tesoareiro […].1.

A administração municipal, na Idade Moderna, era caraterizada pelo controlo rigoroso do Poder Central, em relação às contabilidades locais periféricas. Anualmente, o provedor fazia chegar a si, os livros de receita e despesa da câmara municipal, de forma a impedir alguma espécie de corrupção, razão pelo qual o tesoureiro requere ao provedor, para autorizar o pagamento de um serviço que não estava contabilizado, nem registado em livro, para pagamento. O tesoureiro era à época, um oficial de elevado estatuto na administração municipal. Sobre ele recaia a responsabilidade e administração financeira do município e não com o poder de dispor das finanças locais como bem entendia. Havia que recolher os impostos, diretos e indiretos, contabilizar os reais e devolve-los à administração régia. Todo o seu exercício era inspecionado, também era chamado ao senado para apresentação das contas e por sua vez, como já foi referido, à Administração do Concelho, que neste caso era o Provedor da Comarca, instituição satélite do poder central.

1 Livro de Receita e despesa. fólio 200. (1592-1597). (AHCMSTR).”

Até dia 30 de dezembro, visite a Mostra Bibliográfica “89º Aniversário da Morte de Raul Brandão”, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire, de segunda a sexta-feira das 09h30 às 18h00.

“Comemoramos o 89º Aniversario de Morte – 5 dezembro de 1930 – do escritor Raul Brandão, natural da Foz do Douro, um jornalista, militar e escritor português famoso pelo seu realismo das descrições e o lirismo da sua linguagem.

Deixou-nos uma vasta obra literária (ficção, teatro, livros de viagem) marcada pela vertente social, ética e religiosa, um autor talentoso e imaginativo com uma escrita predominantemente poética.

Está sepultado em Guimarães, cidade que tem também uma Biblioteca com o seu nome”.

Até dia 30 de dezembro, visite a Exposição “Vamos ler… José Rodrigues dos Santos”, na Sala de Leitura Bernardo Santareno, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00 e aos sábados, das 09h30 às 12h30.

“José Rodrigues dos Santos natural de Moçambique, da cidade da Beira, conhecido jornalista e um dos mais influentes no panorama informativo nacional – televisão, correspondente de guerra e professor universitário, é considerado um dos escritores portugueses (ensaísta e romancista) que alcançou maior número de edições com vendas superiores a cem mil exemplares e um dos mais premiados jornalistas portugueses galardoados com dois prémios do Clube Português de Imprensa e três da CNN”.

Até dia 30 de dezembro, visite a Exposição Coleção de arte contemporânea ‘Manuela de Azevedo’, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30. Destaque trimestral para uma obra da autoria de Francisco de Almada: “Casario”, Serigrafia a cores s/ papel, 1983.

Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico da jornalista Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais.

Até dia 30 de abril de 2020, visite a Exposição Colégio Andaluz, um símbolo escalabitano”, no Centro de Recursos da Escola Superior de Educação de Santarém.

“No Instituto Politécnico de Santarém, a exposição “Colégio Andaluz, um símbolo escalabitano” revela a história do Colégio Andaluz, uma das mais conhecidas obras de Luiza Andaluz e um dos melhores colégios europeus dos anos sessenta. A exposição localiza-se no Centro de Recursos da Escola Superior de Educação e vai estar patente durante o ano letivo 2019/20, no âmbito das comemorações do 40º aniversário da Escola”.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Ribatejo Cool

Ir para Início