Centro Hospitalar do Médio Tejo apresenta resultados de um ano de Hospitalização Domiciliária

Em Saúde

A 19 de dezembro de 2018, o CHMT – Centro Hospitalar do Médio Tejo internou os primeiros doentes em casa. Um residente em Abrantes e outro em Alvega. Nasceu assim a Unidade de Hospitalização Domiciliária no CHMT. Desde então a equipa de Hospitalização Domiciliária percorreu 51.500 quilómetros e realizou 1.537 visitas domiciliárias.

A Unidade de Hospitalização Domiciliária (UHD) recebeu no dia 13 de dezembro de 2019, a certificação pela norma ISO 9001:2015, o que torna o Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE, na primeira entidade Hospitalar do país a certificar uma  Unidade de Hospitalização Domiciliária.

Atualmente a equipa é constituída por um médico e quatro enfermeiros a tempo inteiro e por um Assistente Social, um Farmacêutico e um Nutricionista, a tempo parcial.

“A funcionar 24h por dia, 365 dias por ano, a Hospitalização Domiciliária garante o mesmo nível de qualidade e segurança na prestação de cuidados ao doente que o internamento convencional”, refere a nota à comunicação social do CHMT.

Indicadores do primeiro ano de atividade

  • Número de doentes avaliados pela equipa – 245, com uma média de 20 avaliações por mês;
  • Nº Doentes Admitidos – 136 (média de 12 doentes por mês);
  • Nº doentes não admitidos – 104 (35 por critérios clínicos, 38 por recusa, 18 por critérios sociais e 13 por critérios geográficos);
  • Taxa de admissão – 56% dos utentes avaliados;
  • Nº Doentes tratados/saídos- 133;
  • Nº de reinternamento ate às 72h – 1;
  • Nº de utentes transferidos para o Internamento Convencional –5;
  • Média de Idades: 65anos (doente mais jovem com 18 anos e mais idosa com 98);
  • Demora Média – 8,3 dias.
  • Número de Visitas da Equipa: 1537 (média de 128 por mês)
  • Enfermeiro e médico – 741;
  • Enfermeiro – 725;
  • Enfermeiro, Médico e Assistente Social – 66;
  • Enfermeiro e Assistente social – 5;
  • Média de visitas por doente tratado: 12
  • Taxa de mortalidade – Zero;
  • Número de quedas dos utentes – Zero;
  • Ulceras de pressão – Incidência – Zero
  • Quilómetros realizados – 51500 (média de 4288 Kms por mês).

A Unidade de Hospitalização Domiciliária cuidou de doentes em casa com a seguinte distribuição por Concelhos: Abrantes – 51; Torres Novas –22; Entroncamento – 19; Constância – 8; Mação – 8; Tomar – 8; Sardoal – 7; Barquinha – 3; Gavião – 2; Ponte de Sor – 4; Alcanena – 1; Golegã – 1; Ourém – 1; Ferreira do Zêzere – 1.

Deixar uma resposta

Recentes de Saúde

Ir para Início
%d bloggers like this: