fbpx

Comes & bebes – Três malgas de azeitonas

Em Ribatejo Cool

A oferta de três malgas de azeitonas, malgas bojudas ao modo de seios bem cheios, vieram num tabuleiro de louça, encontrei-as na banca da cozinha, curioso, lambareiro, provei uma, após a ter degustado pensei na minha médica, a Doutora Rosa Maria Feliciano, isto porque ela acompanha as variações no meu organismo e aquelas azeitonas reboludas, quanto mulher grávida em vésperas de parto, temperadas de modo a os provadores passarem à condição de furiosos consumidores produziam, produziram, prejuízos na contabilidade dos açúcares. Para lá dos prejuízos corporais somam-se os de culpe e remorsos. Só que a tentação rebentou a contenção dada invulgar qualidade das azeitonas.

Após o «crime» fui contristado, pesaroso, penitente sem baraço ao pescoço ler a vulgata dos malefícios em virtude do transpor o limite da virtude de saber resistir à tentação que só os seguidores dos preceitos dos eremitas e místicos conseguem.

Não vou maçar os leitores lembrando os ditirambos feitos às filhas das oliveiras ao longo dos milénios por poetas, nem as considerações filosóficas, menos ainda serem expressão de apaziguamento na ressaca do dilúvio, vou isso sim na esteira de gourmets e cozinheiros referir a sua presença em vários géneros de comida seja ao a nível de acompanhamento, seja quantas vezes na qualidade de elemento principal de comeres singelos quantas vezes de salvação em momentos de enorme penúria.

As mestras cozinheiras têm sabido delas tirarem proveito, a rechearem aves, peixes, e carnes vermelhas, a engalanarem pratos de aperitivos, simplesmente a tornarem menos solitário o beber de um copo de vinho num instante de soledade. Alguns leitores provindos dos arrozais, charnecas, bairros e borda de água quanto prazer retiraram de uma refeição constituída por duas batatas cozidas, uma dúzia de azeitonas, um bocado de pão a endurecer e um copo de vinho. Agora, estes gozozos sabores estão a desaparecer. É realidade só quebrada nos ainda existentes meios rurais. É pena!

Armando Fernandes

Leave a Reply

Recentes de Ribatejo Cool

Ir para Início
%d bloggers like this: