fbpx

Reabertura da Ponte Rainha Dona Amélia aguarda decisão das Infraestruturas de Portugal

Em Região

Os Municípios do Cartaxo e de Salvaterra de Magos contactaram esta terça-feira, a empresa pública Infraestruturas de Portugal que informou que, no decurso desta semana, previsivelmente na próxima 5.ª feira, dia 16 de janeiro, irá emitir decisão sobre a eventual reabertura da circulação na Ponte.

Recorde-se que o Município do Cartaxo entregou no dia 9, o relatório técnico sobre as condições atuais de segurança da Ponte Rainha D. Amélia à empresa Infraestruturas de Portugal, para decisão sobre a reabertura da circulação na Ponte Rainha D. Amélia.

Este relatório conjuga os dados da inspeção subaquática aos pilares da Ponte, realizada a 6 de janeiro, e do levantamento batimétrico ao leito do rio, levado a cabo no dia 27 de dezembro.

Recorde-se ainda que, no passado dia 20 de dezembro, face ao aumento de caudais do Tejo resultante da depressão ELSA, as Câmaras Municipais do Cartaxo e de Salvaterra de Magos suspenderam por razões de segurança a circulação na Ponte Rainha D. Amélia. Desta decisão deram conhecimento às Infraestruturas de Portugal, Comando Operacional Distrital da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Comando Distrital da Guarda Nacional Republicana e Agência Portuguesa do Ambiente.

No mesmo dia decidiram as duas Câmaras Municipais levar a cabo, com caráter de urgência, os trabalhos de inspeção das condições de segurança da infraestrutura;

Em conformidade com o Protocolo existente com as Infraestruturas de Portugal, compete à Câmara Municipal do Cartaxo proceder à monitorização da Ponte através do procedimento técnico de levantamento batimétrico e de inspeção subaquática aos pilares da ponte, cabendo à Câmara Municipal de Salvaterra de Magos o levantamento topográfico do tabuleiro;

O levantamento batimétrico e a inspeção subaquática aos pilares são absolutamente necessários para avaliar o eventual levantamento da suspensão da circulação na Ponte, afirma a autarquia.

No dia 8 de janeiro, a Câmara Municipal de Salvaterra de Magos enviou às Infraestruturas de Portugal, o levantamento topográfico dos pilares/tabuleiro da Ponte Rainha D. Amélia, efetuado após as tempestades ocorridas no nosso país, que provocaram aumento do caudal do rio Tejo.

No passado dia 6 de janeiro, as condições dos caudais permitiram que fosse efetuada a inspeção subaquática por uma equipa de mergulhadores.

O relatório técnico, conjugando os dados do levantamento batimétrico e da inspeção subaquática aos pilares, foi entregue à Câmara Municipal do Cartaxo, dia 8 de janeiro. No mesmo dia, a autarquia remeteu o relatório às Infraestruturas de Portugal que irá agora tomar a decisão sobre as condições de segurança para o eventual levantamento da suspensão da circulação na Ponte Rainha D. Amélia.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Região

Ir para Início