fbpx

Autarquias e políticos pedem intervenção urgente na EN238 que liga Sertã a Ferreira do Zêzere

Em Região

Autarquias e políticos defenderam hoje a necessidade urgente de uma intervenção na Estrada Nacional (EN) 238, que liga Cernache do Bonjardim (Sertã) e Ferreira do Zêzere, tendo lembrado os “contínuos aluimentos e desabamentos” naquela via.

“É urgente garantir que no ano de 2020 se proceda a dois níveis de intervenção” na EN 238, “uma mais imediata de contenção e estabilização de taludes, nas das zonas em que o risco de desabamentos é maior, e outra onde se requalifique estruturalmente a via, alterando curvas e criando a segurança necessária para os utentes”, defendem os signatários de uma declaração de compromisso que saiu hoje de uma reunião de trabalho que decorreu em Cernache do Bonjardim (Sertã) promovida pelo BE.

Em comunicado, é dado a conhecer o resultado da reunião conjunta sobre a EN238, que decorreu no auditório da União de Freguesias de Cernache do Bomjardim, Nesperal e Palhais (UFCBNP) e um convite a endereçar ao ministro das Infraestruturas e Habitação para se deslocar ao local, tendo estado presente na sessão a deputada do BE na Assembleia da República Fabíola Cardoso, membros da Comissão Coordenadora Distrital de Castelo Branco do BE, autarcas daquela União de Freguesias e da Câmara da Sertã (ambos do distrito de Castelo Branco), e ainda do município de Ferreira do Zêzere (distrito de Santarém).

“A construção da EN238 é dos anos 50, estando o troço entre Cernache do Bonjardim e Ferreira do Zêzere completamente obsoleto, mantendo-se inalterado desde a sua construção, tendo a estrada já sido requalificada desde Oleiros até ao IC8 e deste até Cernache do Bonjardim”, pode ler-se no documento de compromisso denominado ‘Declaração de Cernache do Bonjardim”, assinado hoje pelas entidades presentes (Câmara Municipal da Sertã, Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere, UFCBNP e o Bloco de Esquerda).

Na mesma nota, a que o Mais Ribatejo teve acesso, pode ler-se que “os aluimentos e desabamentos na EN238, que arrastam para a estrada toneladas de pedras e terra, são contínuos e já perduram há anos, provocando acidentes e prejuízos para os utentes que utilizam diariamente esta via rodoviária”, condições que “acarretam riscos elevados para os seus utentes e tem consequências diretas muito negativas para o desenvolvimento local e regional, gerando um forte fator de penalização nomeadamente no transporte de pessoas e mercadorias”.

Os signatários do documento convidam ainda o ministro das Infraestruturas a “deslocar-se a Cernache do Bonjardim, pela EN238, de modo a conhecer melhor a realidade” em causa, tendo dado conta que esta declaração conjunta será enviada às entidades competentes, nomeadamente aos grupos parlamentares da Assembleia da República, às assembleias municipais dos concelhos envolvidos e ao ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Região

Ir para Início