Fundo Ambiental atribuiu 1,6 milhões de euros a projeto-piloto de recolha de embalagens de plástico

Em Empresas

É assinado esta sexta-feira o contrato do projeto-piloto para a aquisição e instalação de equipamentos de recolha de embalagens de bebidas em plástico não reutilizáveis. Com um financiamento a 100%, no montante de um milhão e 665 mil euros, atribuído pelo Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente e Ação Climática, o projeto resulta da candidatura de um consórcio liderado pela Associação Portuguesa dos Industriais de Águas Minerais Naturais e de Nascente (APIAM).

Com estes equipamentos pretende-se incentivar a devolução de embalagens de bebidas em plástico, garantindo o seu encaminhamento para reciclagem e a incorporação na produção de novas garrafas, promovendo a circularidade dos materiais.

O sistema de incentivo consiste na atribuição de um prémio ao consumidor final pela devolução das embalagens. Este pode ser materializado em talão de desconto em compras, descontos em lojas, atividades ou serviços, participação em sorteios ou donativos a instituições de solidariedade social.

Os 23 equipamentos serão instalados numa grande superfície comercial na área de intervenção de cada um dos Sistemas de Gestão de Resíduos Urbanos (SGRU), no território de Portugal Continental.

A realização deste projeto‐piloto constitui uma oportunidade para adquirir experiência e produzir ensinamentos para a definição e implementação do futuro sistema de depósito de embalagens de bebidas em plástico, vidro, metais ferrosos e alumínio, instituído pelo PERSU 2020+.

Deixar uma resposta

Recentes de Empresas

Ir para Início
%d bloggers like this: