fbpx

Escola Profissional de Salvaterra de Magos assina protocolo de cooperação no âmbito do projeto Ser Pro

Em Educação

Amanhã, dia 3 de março, pelas 11h00, no âmbito do projeto Ser Pro, terá lugar no Auditório da Escola Profissional de Salvaterra de Magos, a assinatura do protocolo de cooperação entre Teresa e Alexandre Soares dos Santos – Iniciativa Educação, o município, a escola e algumas das empresas da região envolvidas, Magos Irrigation Systems, Hidro Ibérica, Agrimagos e Lagoalva.

Na cerimónia estarão presentes Nuno Crato, presidente da Teresa e Alexandre Soares dos Santos – Iniciativa Educação, Inês Soares dos Santos Canas, do Conselho Diretivo da Teresa e Alexandre Soares dos Santos – Iniciativa Educação, Isabel Hormigo, coordenadora do Programa Ser Pro, Duarte Bernardo, Diretor da EPSM, Helder Esménio, presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, Carlos Coutinho, presidente da Câmara Municipal de Benavente e os representantes das empresas locais envolvidas.

O projeto SER PRO – Teresa e Alexandre Soares dos Santos – Iniciativa Educação visa contribuir para o desenvolvimento do ensino profissional em Portugal.

Com esta iniciativa, procura-se, essencialmente, contribuir para um encontro de vontades de empresas, escolas e autarquias no desenvolvimento de cursos que, indo ao encontro das vocações e interesses dos alunos, contribuam, efetivamente, para colmatar o défice de profissionais especializados, formando técnicos altamente qualificados que respondam às reais necessidades das empresas contribuindo, assim, para o desenvolvimento socioeconómico das regiões.

O papel da Iniciativa Educação passa, essencialmente, por se assumir como um catalisador de vontades. Em primeiro lugar, ajudando escolas e empresas a juntarem-se para analisar necessidades regionais de formação de jovens para que ambas as partes possam contribuir.

Em segundo lugar, o papel da Iniciativa tem sido o de promover contactos com autarquias e institutos politécnicos para obter apoios logísticos e técnicos que garantam a qualidade dos cursos profissionais.

Em terceiro lugar, tem ajudado a concretizar matrizes curriculares ajustadas às necessidades, recursos técnicos e disposições legais existentes. As empresas têm um papel importante em todo este processo. Podem colaborar, desde o início, no desenho de cursos modernos e adaptados às necessidades do tecido empresarial. E são decisivas para ajudar na formação dos jovens em contexto de trabalho.

O contributo da Escola Profissional de Salvaterra de Magos tem sido alvo de reconhecimento por parte da entidade promotora da Iniciativa Educação, uma vez que não se esgota no know-how e experiência prática que tem vindo a emprestar à condução deste projeto de caráter inovador em Portugal. Também a cooperação dos parceiros da EPSM envolvidos nesta iniciativa tem assumido especial relevo, designadamente o Município de Salvaterra de Magos que, partilhando aqueles que são os objetivos fulcrais de melhoria da qualidade da formação na região na resposta às reais necessidades das empresas em prol do crescimento socioeconómico local, se tem mostrado incansável no trabalho colaborativo desenvolvido no contexto deste desafio.  

Deixar uma resposta

Recentes de Educação

Ir para Início
%d bloggers like this: