Centro Hospitalar do Médio Tejo alerta contra desmarcação de exames, consultas e tratamentos pelos doentes

Em Saúde

No âmbito da recente evolução da situação do coronavírus (Covid-19) em Portugal, tem-se verificado no Centro Hospitalar do Médio Tejo um elevado número de desmarcações de exames, tratamentos e consultas, por parte dos doentes.

Em comunicado, o Centro Hospitalar do Médio Tejo, afirma que “apesar de compreender esta atitude que decorre de algum receio, alerta no entanto que estas desmarcações serão remarcadas, apenas, no fim de lista de doentes em espera, o que atrasará consideravelmente a efetivação destas mesma consultas, tratamentos ou exames“.

A falta ou desmarcação de consultas, exames ou tratamentos pode ainda prejudicar a evolução de saúde do doente, potenciando uma eventual ida aos Serviços de Urgência, estes sim, largamente desaconselhados“, refere o comunicado.

O Centro Hospitalar do Médio Tejo solicita “que os doentes mantenham os agendamentos dos atos clínicos que estão em curso, sendo que será o próprio CHMT, o primeiro a alterar algum ato clínico se a situação o exigir, comunicando esse facto aos seus utentes”.

O Centro Hospitalar do Médio Tejo informa que todas as medidas protocoladas de prevenção ao novo Coronavírus (Covid-19) estão em curso, visando a segurança dos doentes e dos seus profissionais.

Deixar uma resposta

Recentes de Saúde

Ir para Início
%d bloggers like this: