Covid-19 – Politécnico de Santarém suspende aulas e estágios

Em Educação

O Instituto Politécnico de Santarém suspendeu as atividades letivas presenciais e proibiu as deslocações em serviço na instituição, onde apenas as cantinas vão manter-se abertas em regime de ‘take-away’, informou hoje a direção.

Num despacho emitido hoje, o Instituto Politécnico de Santarém (IPS) alude à necessidade de “prevenir e acompanhar o esforço” das entidades de saúde para determinar a suspensão das atividades letivas presenciais e, sempre que possível, a sua substituição por outros meios, nomeadamente instrumentos de ensino à distância.

O despacho enviado à agência Lusa estipula que a suspensão se prolongue até ao dia 27 de março e determina a adequação dos calendários letivos por forma a que a interrupção da Páscoa seja de 30 de março a 03 de abril, retomando as aulas a sua normalidade em 06 de abril, “salvo ocorrerem decisões das autoridades de saúde em sentido contrário”.

O IPS determinou ainda a suspensão dos estágios de ensino clínico, “devendo as restantes tipologias de estágios ser alvo de adequação, analisados, caso a caso, em função da área de curso” e em articulação com as direções das cinco escolas que o integram: Agrária, Desporto, Educação, Gestão e Tecnologia e Saúde.

No documento, a direção reforça ainda as determinações de um despacho já emitido no dia 09, proibindo as deslocações em serviços, em território nacional ou estrangeiro.

Recomenda ainda a submissão voluntária de estudantes, professores, investigadores e trabalhadores oriundos de países com casos de Covid-19 confirmados a um período de isolamento social de 14 dias após a chegada a Portugal.

O despacho determina igualmente o encerramento dos serviços de bibliotecas, bares e ginásios, mantendo-se as cantinas em funcionamento “apenas em sistema de refeições ‘take-away’”.

Encerradas ficam também todas as áreas de atendimento presencial aos estudantes e outros espaços comuns, privilegiando-se o recurso aos meios eletrónicos.

O IPS determinou também a suspensão de eventos e atividades desportivas e aconselhou os estudantes instalados em residências da instituição a regressar às respetivas casas para minimizar os contactos interpessoais.

As medidas foram ditadas pelo “agravamento da situação sanitária” do país, salvaguardando a direção que nas escolas do IPS não foi registado nenhum caso de infeção pelo novo coronavírus.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.600 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) atualizou hoje o número de infetados, que registou o maior aumento num dia (19), ao passar de 59 para 78, dos quais 69 estão internados.

A região Norte continua a ser a que regista o maior número de casos confirmados (44), seguida da Grande Lisboa (23) e das regiões Centro e do Algarve, ambas com cinco casos confirmados da doença.

O boletim divulgado hoje assinala também que há 133 casos a aguardar resultado laboratorial e 4.923 contactos em vigilância, mais 1.857 do que na quarta-feira.

No total, desde o início da epidemia, a DGS registou 637 casos suspeitos.

Deixar uma resposta

Recentes de Educação

Ir para Início
%d bloggers like this: