Tribunal de Santarém coloca os dois autores de roubo de casa de câmbio em prisão preventiva

Em Sociedade

Após primeiro interrogatório judicial, o tribunal de Santarém determinou a prisão preventiva para os dois homens acusados de roubo de uma loja de câmbio em Santarém. Um dos homens, de nacionalidade brasileira e outro com dupla nacionalidade guineense e caboverdiana, residentes em Alverca e Vila Franca de Xira, o primeiro foi detido em flagrante delito e o segundo na sequência de mandado emitido pela Polícia Judiciária.

Segundo o Ministério Público na Comarca de Santarém, estão ambos fortemente indiciados, em coautoria material e concurso real, da prática de crimes de roubo agravado, sequestro e posse de arma proibida. Um desses crimes de roubo tinha ocorrido em Santarém no dia 10, numa casa de câmbio localizada próxima ao centro comercial, enquanto o outro tinha tido lugar em Torres Vedras, no passado dia 11 de janeiro.
Os arguidos confessaram a prática dos crimes e, pese embora se encontrem, segundo as suas declarações, inseridos social, laboral e um deles familiarmente, o Ministério Público considerou verificados todos os perigos previstos no artigo 204.º do CPP e promoveu a aplicação da medida de coação prisão preventiva, a qual acabou por ser decretada em conformidade.
A investigação prosseguirá a cargo da Polícia Judiciária, estando o inquérito distribuído à 2.ª secção do DIAP de Santarém.

Deixar uma resposta

Recentes de Sociedade

Ir para Início
%d bloggers like this: