fbpx

NERSANT propõe moratória de 2 anos dos empréstimos bancários às PME

Em Empresas

Tendo em consideração a gravidade da situação vivida por muitas empresas, e sendo expectável o seu agravamento, a NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém propõe um período de carência/moratória de 2 anos para os empréstimos bancários das PME, como medida adicional e complementar às que têm vindo a ser anunciadas pelo governo.

A Associação Empresarial da Região de Santarém propõe a adopção de uma medida de aplicação automática (após pedido da empresa) de um período de carência / moratória de 2 anos referente aos empréstimos bancários que as PME têm em curso, em particular os resultantes das várias linhas de apoio com Garantia Mútua. Esta medida iria permitir um alívio da tesouraria das empresas,  ajudando a mitigar os efeitos devastadores causados por esta Pandemia, e favorecendo uma recuperação mais rápida das empresas. 
Segundo a NERSANT, a medida  teria um impacto positivo imediato nas empresas, sem causar um aumento do endividamento.

A implementação desta medida, careceria da aprovação do Banco de Portugal, de forma a permitir que não seja considerada pelos bancos como “reestruturação”, o que anularia qualquer benefício.

Importa referir que a própria EBF – Federação Europeia de Bancos, entidade europeia que agrega 32 associações bancárias nacionais na Europa, entre as quais a Associação Portuguesa de Bancos,  já solicitou à Comissão Europeia, ao Banco Central Europeu e à Autoridade Bancária Europeia  uma maior flexibilidade nas medidas que venham a ser adoptadas, de forma a estas permitam contornar as barreiras impostas pela regulamentação para financiar os mutuários em dificuldades temporárias.
A EBF propõe a criação de “uma ferramenta de moratória para os devedores sólidos que enfrentam desafios de liquidez relacionados com os efeitos do Covid-19”, o que permitiria aos bancos “reestruturar o cronograma de pagamentos desses mutuários afetados […], sem prejudicar a sua avaliação prudencial”.

Deixar uma resposta

Recentes de Empresas

Ir para Início
%d bloggers like this: