Instituto Politécnico Santarém avança com adiamento do pagamento de propinas

Em Educação

Face à atual circunstância de pandemia e perspetivando-se um período de dificuldades económicas para as famílias, o Instituto Politécnico de Santarém tomou a decisão de alargar o período de pagamento das propinas para todos os cursos, até 31 de agosto de 2020.

Em comunicado à comunicação social, o Instituto Politécnico de Santarém afirma que “o adiamento do prazo de pagamento das prestações devidas, a partir de março de 2020 (inclusive), é aplicado para todos os estudantes cujos agregados familiares sejam, comprovadamente, afetados a nível financeiro pelos efeitos da pandemia do vírus COVID-19, uma decisão que visa continuar a garantir um ensino de equidade para todos os seus estudantes das cinco escolas do Instituto Politécnico de Santarém. Este apoio deve ser requerido pelo estudante, propondo um plano de pagamentos até 31 agosto de 2020“.

Com esta medida, o Instituto Politécnico de Santarém diz pretender “assegurar que nenhum estudante deixe de estudar por razões económicas, garantindo que todos têm condições para prosseguir os seus estudos superiores, não condicionando o seu futuro nem criando desigualdades“.

Segundo a nota, o Instituto Politécnico de Santarém, continua a assegurar o normal funcionamento das cinco Escolas nesta fase à distância e com conteúdos digitais.

O Politécnico de Santarém garante que se encontra “também assegurado o normal funcionamento dos pagamentos de bolsas e contratos de investigação, das bolsas de estudo de ação social e respetivos complementos e benefícios e das bolsas de estudo de apoio à realização de períodos de estudos em mobilidade“.

Deixar uma resposta