“Vizinho Amigo”: movimento solidário protege grupos de risco do covid-19

Em Sociedade

Iniciativa de um grupo de 15 estudantes universitários, conta já com parcerias diretas com 15 juntas de freguesia e mais de 5 000 voluntários. Pedro Barroso é o embaixador da causa.

Criado a 24 de março de 2020, o “Vizinho Amigo” trata-se de um projeto sem fins lucrativos criado por um grupo de jovens, com a principal missão de ajudar aqueles que estão inseridos em grupos de risco da COVID-19, através da compra e entrega de compra de produtos de mercearia e fármacos dentro da sua área de residência.

Até ao momento, o projeto conta com mais de 5000 voluntários e parcerias diretas com 15 Juntas de Freguesia, entre as quais a Junta de Freguesia de Benfica, Junta de Freguesia de Tavira e Junta de Freguesia de Alvalade – pretendendo reunir voluntários por todo o país.

O movimento tem gerado uma corrente de união e solidariedade, contando já com inúmeras partilhas nas várias redes sociais. “Decidi abraçar e fazer parte deste projeto, ajudando na minha área de residência. São causas como estas que me fazem acreditar. Vamos cuidar uns dos outros. O futuro é de todos”, sublinha o ator Pedro Barroso, embaixador oficial do “Vizinho Amigo”, que também dá o contributo pessoal na área de residência.

Além de Portugal, o “Vizinho Amigo” está também presente na América do Sul, em países como o Brasil e Chile. Conta ainda com o apoio e parceria da Creative Minds e do Movimento “Cofiq em Casa” (Madeira), entre outras.

O formulário está disponível nas redes oficiais da causa – Instagram (https://www.instagram.com/vizinho_amigo_/) e Facebook (https://www.facebook.com/pages/category/Nonprofit-Organization/Vizinho-Amigo-111145073840476/).

Deixar uma resposta