fbpx

Centro Hospitalar do médio Tejo dá formação a funcionários de agrupamentos escolares

Em Educação/Saúde

Com o aproximar da reabertura dos espaços escolares, o Centro Hospitalar do Médio Tejo desenvolveu várias ações de formação dirigidas a assistentes operacionais de Agrupamentos Escolares dos Médio Tejo.

Estas ações decorreram nos Municípios do Médio Tejo, nomeadamente Sardoal, Entroncamento, Abrantes, Alcanena, Ourém, Mação, Vila de Rei, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha.

Com uma carga horária de 21 horas, as ações de formação, que decorreram entre os dias 27 de abril e 6 de maio, foram dinamizadas por equipas constituídas por três enfermeiros do CHMT, e envolveram mais de 100 assistentes operacionais dos agrupamentos escolares.

Direcionada aos cuidados necessários nesta nova fase de pandemia, esta formação incidiu sobre várias temáticas, como os cuidados de higiene e conforto; cuidados na alimentação e hidratação; cuidados na mobilidade, controlo de infeção, treino de EPI’s(Equipamentos de Proteção Individual) e suporte básico de vida.

Esta foi uma formação desenvolvida com uma forte componente prática e com apoio de material de formação do Centro Hospitalar do Médio Tejo e Instituto de Formação Profissional, numa parceria com a Comissão de Proteção Civil do Distrito de Santarém.

Destaque para as mensagens de avaliação final deixadas pelos formandos que demonstram bem a importância desta iniciativa. 

“A formação correu muito bem, gostei imenso pois foi bastante prática. Aprendi bastantes coisas novas. Foi muito enriquecedora”, afirma uma das formandas.

“Além de termos aprendido, foi um grupo formidável e com formadores impecáveis que nos ensinaram e responderam a todas as nossas dúvidas”, realça outra assistente operacional.

Também os formadores manifestaram opiniões muito positivas no final destas ações de formação: “Parcerias entre o CHMT e a comunidade, são de facto importantes e geradoras de aproximação e de conhecimento de ambas as partes”.

“Foi gratificante esta partilha de conhecimentos e aprendizagens, terminando com a certeza de que fomos capazes de proporcionar capacidades que irão permitir, prestar melhores cuidados, com mais e melhores conhecimentos”.

 “Foi com o máximo empenho e gosto que tive oportunidade de fazer parte desta equipa e deste projeto. Junto dos formandos e consequentemente dos municípios, ficou bem patente mais um papel que o CHMT pode desempenhar na comunidade.”

Deixar uma resposta

Recentes de Educação

Ir para Início
%d bloggers like this: