fbpx

Centro Hospitalar Médio Tejo – Serviço de Urgências Básicas retoma horário completo

Em Saúde

No âmbito da nova fase da atual Pandemia pelo SARS-CoV2, os Serviços de Urgência Básicas do Centro Hospitalar do Médio Tejo retomarão o seu horário normal de funcionamento, 24h00/24h00, no próximo dia 25 de maio, segunda-feira, a partir das 08h00.

Sublinha-se que o fecho noturno dos dois Serviços de Urgência Básica, do Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE, não comprometeu o atendimento à população, tendo sido assegurada a contínua resposta assistencial a todos os doentes com situações clínicas mais frágeis, sem pôr em causa a concentração de esforços no combate ao Covid-19.

Regista-se que, neste período de encerramento noturno do Serviço de Urgência Básica, o número de atendimentos nas diferentes valências do Serviço de Urgência do CHMT, EPE, foi de 17.025, menos 14.541 que no período homologo de 2019, o que representa uma redução de cerca de 46% de atendimentos no Serviço de Urgência.

Com o retomar do horário completo dos Serviços de Urgência Básicas reforça-se o processo de retoma da atividade assistencial progressivamente no CHMT, EPE, depois das alterações que foram implementadas ao abrigo do Plano de Contingência ao Covid-19.

Com o início desta nova fase também os Serviços que foram transferidos temporariamente regressarão aos locais de origem. Assim, o Serviço de Ortopedia e o Serviço de Ginecologia/Obstetrícia, voltam à Unidade Hospitalar de Abrantes durante o próximo mês de junho.

Neste momento de retoma progressiva da atividade assistencial do CHMT o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE, mais uma vez, agradece a compreensão e o civismo demonstrados pela população do Médio Tejo.

O Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE, “agradece aos presidentes de todos os municípios da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo,  pela compreensão e facilitação para a implementação das alterações organizativas do CHMT, EPE, que se tornaram imperiosas implementar visando maximizar todo o potencial da capacidade de resposta assistencial à nossa população e no combate  ao SARS-CoV-2”.

Deixar uma resposta

Recentes de Saúde

Ir para Início
%d bloggers like this: