fbpx

Reclamações sobre compras em linha disparam – DECO oferece novo site sobre direitos digitais dos consumidores

Em Sociedade

A DECO recebeu cerca de 3 mil e quinhentas reclamações sobre compras em linha durante os primeiros 5 meses do ano. Se é verdade que os consumidores, confinados às suas casas, optaram mais pelo comércio eletrónico, também é verdade que os conflitos aumentaram exponencialmente – 250% – relativamente ao período homólogo de 2019.
As queixas dos consumidores referem-se, na sua maioria, ao comércio de bens eletrónicos e eletrodomésticos, vestuário, calçado e brinquedos. As denúncias mais frequentes estão relacionadas com as dificuldades na contratação, na entrega dos bens e na segurança dos meios de pagamento. A oferta de lojas digitais aumentou, mas também o número de burlas, nomeadamente em sites de anúncios e redes sociais, que levaram a que muitos consumidores tivessem ficado sem o bem e o valor pago.
Acresce a demora na entrega do bem, e em especial, o desconhecimento das regras relativas ao prazo de entrega e aos direitos do consumidor pelos próprios profissionais que reforçaram estas mesmas queixas. A DECO resolveu 80% destes casos.
A DECO considera fundamental que as empresas reforcem os seus canais digitais, os serviços de entrega e o apoio ao cliente e que se promova uma maior literacia sobre os direitos digitais dos consumidores junto destes e das empresas. A DECO reforça que se os consumidores e as empresas conhecessem melhor estes direitos muitas das queixas teriam sido evitadas.

DECO oferece novo site para informação aos consumidores sobre compras online

Dada a importância da transição digital e o valor que o comércio eletrónico apresenta para o consumidor, a DECO lança o site e-comprascomdireitos.pt, que permite ao consumidor estar melhor informado e com confiança para comprar on-line.

Para além disso, o e.comprascomdireitos.pt abre um canal privilegiado e direto para os consumidores apresentarem os seus problemas à DECO. Esta iniciativa foi realizada com o apoio do Fundo dos Consumidores da Direção Geral do Consumidor.
A DECO acredita que, com informações sobre os seus direitos digitais, o consumidor teria evitado muitos dos actuais conflitos nas compras em linha. “Conheça os seus direitos e fortaleça o seu papel de consumidor consciente”, apela a DECO que disponibiliza vários canais para ajudar os consumidores.

Leave a Reply

Recentes de Sociedade

Ir para Início
%d bloggers like this: