fbpx

Comissão de Utentes quer TAC na unidade hospitalar de Torres Novas

Em Saúde

“Damos as boas vindas à Ressonância Magnética para o CHMT, mas o Hospital de Torres Novas precisa de uma TAC, pois Tomar e Abrantes já têm”, afirma em comunicado a CUSMT – Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo.

Esta comissão de utentes já vem defendendo a “necessidade premente de haver no CHMT um equipamento público de Ressonância Magnética, quer em reuniões com unidades de saúde e diversas entidades, quer em documentos públicos e até num recente abaixo-assinado promovido por esta Comissão de Utentes”.

A CUSMT afirma que “este objectivo foi-nos também transmitido pelo Conselho de Administração do CHMT em reunião que tivemos no dia 18/2/2020”. E “foi com muita satisfação que recebemos a notícia de que vai avançar, de imediato, o concurso para aquisição deste equipamento, desejando que o concurso e instalação se concretizem para bem dos utentes do Serviço Nacional de Saúde”.

A CUSMT considera que “outra das grandes necessidades é a instalação de um equipamento de TAC no Hospital de Torres Novas, o único dos três Hospitais do Centro Hospitalar que não tem esse equipamento, sendo já conhecidos alguns casos em que a sua falta obriga acidentados a ter que ir de Torres Novas a Abrantes para usar esse equipamento como diagnóstico, acabando por ter que seguir depois para Lisboa pela sua gravidade, entretanto agravada pelo tempo perdido, situações que se poderão facilitar com o diagnóstico feito na hora, no próprio Hospital”.

“Como se trata de um investimento relativamente baixo e que permitirá ganhos em saúde e poupanças evidentes, é de programar a aquisição e instalação, com a brevidade possível, de uma TAC no Hospital de Torres Novas”, defende a Comissão de Utentes.

Deixar uma resposta

Recentes de Saúde

Ir para Início
%d bloggers like this: