fbpx

Comissão de Utentes da Saúde reuniu com a administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo

Em Saúde

Realizou-se no dia 18 de junho a primeira reunião presencial entre a Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo e o conselho de administração do CHMT – Centro Hospitalar do Médio Tejo, desde o início do Plano de Contingência.

A Covid-19 e o Centro Hospitalar

Em nota à comunicação social, a Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo salienta que “perante uma realidade nova em matéria de prestação de cuidados de saúde, dirigentes e trabalhadores do CHMT souberam estar à altura das exigências, sendo uma referência nos testes, no internamento e recuperação de doentes, no combate à propagação do vírus entre os profissionais”. Nesta reunião soube-se que foram adquiridos mais ventiladores e duas unidades de Raio X portáteis.

Prestação de cuidados afetada pela mandemia

A Comissão de utentes verificou neste encontro que “apesar da grande recuperação em Maio, a prestação de cuidados foi afectada”. No entabnto, 70% da actividade em consultas e cirurgias já está remarcada, respeitando os protocolos sanitários. “Mas, não haja ilusões, a produtividade não vai atingir os valores de antes da pandemia”, afirma a Comissão de Utentes, salientando que “todas as situações graves serão atendidas”. Registe-se que a cirurgia oncológica e geral nunca parou.

CUSMT quer serviços de urgência nas 3 unidades de saúde

Na necessária eficiência e humanização das urgências, a Comissão de Utentes defende a alteração legal de atribuição “urgência médico-cirúrgica” ao CHMT “para que a administração possa distribuir o esforço de urgência pelos três hospitais”. No entanto, “atingir este objectivo está dependente da existência de mais recursos humanos”, admite a Comissão de Utentes.

Quanto ao problema Urgência de Abrantes, a Comissão de Utentes verifica que “as obras vão sendo sucessivamente adiadas, pretensamente por problemas burocráticos e decisão política, pois o processo encontra-se no Ministério das Finanças”. No entanto, nesta reunião, a administração garantiu que as alterações nos serviços de Abrantes vão ter em conta as obras da urgência.

Centro Hospitalar vai ter ressonância magnética

Nesta reunião, o conselho de administração afirmou que termina dentro de dias o prazo para a entrega de propostas de fornecimento do equipamento de ressonância magnética para o CHMT. “Manifestámos a nossa satisfação e fazemos votos para que seja instalado o mais depressa possível”, refere a Comissão de Utentes.

A CUSMT considera que é importante que se programe a instalação de TAC na Unidade de Torres Novas, a única que não tem tal equipamento. Esse é um objectivo para 2021, informou o Conselho de Administração.

Reforçar a pediatria em Torres Novas

A Comissão de Utentes reafirma que “a urgência pediátrica e o internamento deveriam estar nas três unidades do CHMT”. O conselho de administração informa que “o objectivo, para já, é reforçar o serviço em Torres Novas com mais profissionais (que também fazem consultas em Tomar e Abrantes), mais equipamentos (foi adquirido 1 ecógrafo pediátrico), interagir com o apoio de outros serviços, e valorizar a idoneidade formativa”.

Necessidade de uma Unidade de Dor e Cuidados Paliativos

O conselho de administração do CHMT afirma que há um esforço contínuo de procurar mais espaço, meios logísticos e profissionais para o desenvolvimento de outras actividades como a Nefrologia, Hospital Dia Oncologia, Hospitalização Domiciliária.

Nesta reunião foi ainda abordada a importância de aproveitar toda a capacidade do bloco cirúrgico do Hospital de Torres Novas; a necessidade de uma Unidade de Dor e o reforço dos Cuidados Paliativos; o funcionamento dos transportes inter-hospitalares; a articulação com os cuidados de saúde primários/ACES; a transferência da Maternidade para Abrantes, onde vai reabrir o bloco de partos; o retorno de toda a cirurgia oftalmológica a Tomar e o regresso da Ortopedia a Abrantes; e o Plano de Eficiência energética que abrange Torres Novas, Tomar e Abrantes.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Saúde

Ir para Início