fbpx

Câmara Municipal de Abrantes aprova contas de 2019 com redução de dívida em 1,7 milhões de euros

Em Região

Município de Abrantes faz maior investimento de sempre nas 13 freguesias e Serviços Municipalizados voltam aos resultados positivos.

A Câmara Municipal de Abrantes aprovou, em Assembleia Municipal, o Relatório de Gestão e Prestação de Contas relativo ao ano económico de 2019, apresentando um resultado líquido positivo de 1.038.827,00 euros e uma diminuição da dívida total do município de 7.072.994,00 euros para 5.310.932,00 euros, o que representa uma redução de 24,13%.

Para além da diminuição da dívida pública em cerca de 1,7 milhões de euros, o município de Abrantes viu também a dívida a fornecedores cair 31%, posicionando-se como o segundo município da região do Médio Tejo com melhor prazo médio de pagamentos que se situa nos 5 dias, salientando-se ainda o facto de não existirem pagamentos em atraso.

Relativamente à receita total, o município de Abrantes arrecadou 26.209.265,16 euros, o que representa um aumento de 2% face a 2018. Já a receita corrente registou um acréscimo de 4% comparativamente ao período homólogo. Os valores apresentados resultam numa taxa de execução da receita efetiva total a situar-se em 2019 nos 101%, muito acima do limite mínimo legal exigido para as autarquias (85%).

No exercício de 2019, destaque para o aumento do investimento e transferências para as 13 Juntas de Freguesia do Concelho de Abrantes, com a Câmara a transferir no ano transato o total de 2.025.970,29 euros, o que representa um aumento de 10% face a 2018 e no qual se inclui o maior investimento realizado nas juntas de freguesia até à data.

No que diz respeito aos documentos dos Serviços Municipalizados de Abrantes, votados por unanimidade pela Assembleia Municipal, apresentaram um resultado líquido do exercício positivo no valor de 7.672,63 euros, invertendo o ciclo de resultados negativos verificado nos últimos dois anos, causados pelo enorme aumento da tarifa de tratamento dos resíduos sólidos urbanos paga pelos Serviços Municipalizados à entidade responsável pelo seu tratamento.

Para Manuel Jorge Valamatos, Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, “em termos gerais, os rácios orçamentais referentes à execução orçamental do ano 2019, registam valores que demonstram a manutenção de um efetivo equilíbrio das contas do Município de Abrantes, o qual assentou em princípios de coerência, responsabilidade e rigor, que procuraram a todo o tempo garantir o equilíbrio orçamental e o respeito de todos os restantes princípios legalmente exigidos. Foi um ano marcado por uma estratégia focada na proximidade e no investimento nas pessoas e os resultados são positivos e refletem isso mesmo”.

Em termos de Grupo Municipal, que inclui, para além do Município, os Serviços Municipalizados de Abrantes, a A.Logos e a Tagusvalley, o documento de contas consolidadas foi aprovado por maioria, tendo contado com os votos favoráveis do PS e da CDU, a abstenção do PSD, BE

Tags:

Deixar uma resposta

Recentes de Região

Ir para Início
%d bloggers like this: