fbpx

Covid-19 – Comerciantes de Vila Franca de Xira isentos de taxas e rendas até 30 de setembro

Em Região

Os comerciantes de Vila Franca de Xira, no distrito de Lisboa, instalados em espaços comerciais ou mercados municipais vão estar isentos do pagamento de taxas e rendas, pelo menos, até 30 de setembro, informou hoje a autarquia.

Em comunicado, a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira refere que esta medida já estava em vigor desde o dia 01 de abril e que estava previsto terminar no dia 30 de junho.

“O executivo municipal mantém desta forma o apoio ao emprego e ao desenvolvimento económico junto do comércio tradicional de proximidade, particularmente afetado pela pandemia da covid-19, tendo também em conta que se mantêm os pressupostos económicos e sociais que motivaram a anterior tomada de decisão”, justifica a autarquia.

Esta medida, que é prolongada até 30 de setembro, prevê a isenção integral do pagamento de rendas relativas à locação de espaços comerciais municipais e também beneficia os comerciantes instalados nos mercados retalhistas municipais.

A medida abrange oito espaços municipais concessionados, 55 comerciantes do mercado de Vila Franca de Xira e 40 do mercado de Alhandra.

De acordo com o relatório de Situação Epidemiológica no Município de Vila Franca de Xira divulgado hoje, existem 833 casos confirmados da covid-19, dos quais 346 se mantêm ativos.

O documento refere, igualmente, que 474 pessoas recuperaram e que 342 estão em vigilância pelas autoridades de saúde, tendo-se registado, até ao momento, 13 óbitos.

Portugal regista hoje mais quatro mortes causadas pela covid-19 do que no domingo e mais 266 infetados, cerca de 85% dos quais na Região de Lisboa e Vale do Tejo, divulgou hoje a Direção-Geral da Saúde. 

De acordo com o boletim epidemiológico da DGS, o número de mortos relacionadas com a covid-19 ascende hoje a 1.568 pessoas enquanto os casos confirmados desde o início da pandemia totalizam 41.912 infetados.

Deixar uma resposta

Recentes de Região

Ir para Início
%d bloggers like this: